A Anarquia Hoje - Parte 5 - O Anarquismo de Hoje

in anarchy •  last year  (edited)

A Dialética da Libertação: Anarquismo, Existencialismo e Descentralismo.A Anarquia Hoje - Parte 5 - O Anarquismo de Hoje

"A anarquia está dentro da nossa cabeça, não fora". - charlie777pt

Introdução

"A primeira coisa que precisa conhecer é si mesmo. Um homem que se conhece a si mesmo pode sair de si mesmo e observar as suas próprias reações como um observador." - Adam Smith

Mas, para um futuro longínquo mais humanizado, temos de tentar preparar-nos para viver e amar o Santuário da Terra, deitando fora a pedra e as ferramentas (apropriação da Natureza) que há milhões de anos criaram, uma barreira entre os seres humanos, baseada na desigualdade de nossos mundo material atual e quanto maior for o desenvolvimento da ciência e da tecnologia mais criará um distanciamento contínuo entre Homem e a Natureza e entre eles próprios.

"A Liberdade não é despreocupação ou desinteresse porque ela é o auto-condicionamento da nossa vida" - charlie777pt

A Anarquia é sempre um movimento adormecido, que pode ser desencadeado quando há uma crise e agitação social com forças autoritárias lutando para tomar o poder, o estado e os fluxos monetários .

"O método apropriado para acelerar a decadência do erro é ensinar a todo homem a pensar por si mesmo." - William Godwin

Penso que até mesmo o anarco-capitalismo poderia concordar que temos que transformar o capitalismo em humanismo, que poderia garantir as três primeiras necessidades básicas da pirâmide de Herzberg (fisiológica, segurança e amor / pertença) para Todos e deixar os outros 2 níveis ( Auto-estima e auto-realização) como o pool para os que procuram a inovação e mudança social do poder e querem sentir a diferença em termos de posses materiais.
Podemos fazer a felicidade para o eremita que nada possui, e para aqueles que vivem em grandes palácios, carros e possuem valor material , como forma de cumprir a afirmação de poder para todos.

Os Anarquistas criam sonhos antecipados, como o combustível da ação para alcançar utopias realizáveis, que podem criar uma mudança sociopolítico-económica maciça.

"O homem está condenado a ser livre; porque uma vez jogado no mundo, ele é responsável por tudo o que faz". - Jean-Paul Sartre

A Lei serve de obediência à estrutura centralizada de poder, com o reforço de força policial, quando a sua elaboração deveris produto das relações entre as pessoas para um controle de ordem social autorregulado.

1 - Micro e Macro-Política


No final do século XIX, a política era considerada a ciência do governo, e levou muito tempo até ela ser chamada a arte da governança do poder organizado, e hoje é vista como a ciência do poder pela autoridade centralizada.

No Anarquismo, devemos dissociar e separar a Micro-Política de pequenas comunidades, onde o poder é mais sobre cada indivíduo lutando pelo poder estruturado informalmente, da Macro-Política da competição pelo poder organizado de grandes grupos sociais como partidos, poder corporativo, instituições, ministérios e o Estado.

A Micro-Política envolve participação direta no processo de tomada de decisão de interesses coletivos e cooperação em problemas comuns no nível da comunidade.

Todo o Anarquista quer eliminar a centralização Macro-Política do poder pelos governos das nações e pelo poder corporativo.

A Anarquia quer reduzir a macro-política à interação consensual de pequenas comunidades autónomas, e eliminar a contribuição política de partidos, indivíduos e patrocinadores, e a produção política de leis, políticas, bem como endoutrinação estatal e manipulação dos media.

A Anarquia não é uma mudança social ou política, mas apenas um modo individual de pensar, agir e experimentar a realidade à nossa volta para regenerar a sociedade através de uma revolução social.

Precisamos de criar uma consciência coletiva global mais focada na valorização humana, do que no valor do dinheiro ou bens materiais, porque não há felicidade para cada um quando ela não é uma possibilidade para todos.

"Propriedade privada implica exclusividade, desigualdade e diferença." - Hans-Hermann Hoppe

Os políticos hoje são eleitos pelo dinheiro e para o dinheiro de alguns.


As visões individualistas e libertárias da liberdade individual, implicam uma reduzida ou nula intervenção estatal, devem abraçar o ativismo anarquista com os movimentos horizontais sem liderança e sem planeamento, contra o advento de qualquer fascismo ou bolchevismo, que são precedidos por épocas de populismo político liderado pelo controle emocional e pela irracionalidade, para esconder o fato de que eles não têm soluções para os problemas que criaram.

2 - A Descentralização é Anarquia no Blockchain

Os libertários e o anarcocapitalismo querem que os regulamentos sejam estritamente baseados na administração e no direito privado, querendo eliminar os regulamentos políticos e o poder do governo ou qualquer sanção coletiva constrangedora da liberdade do indivíduo, o direito à propriedade e a viver em igualdade legal.

Os individualistas só querem ser livres, mas isso implica que alguns devem ter o direito de organizar e estabelecer contratos mútuos para influenciar e agir sobre a realidade, desde que não tentem coletivizar e criar restrições legais ou morais à vontade pessoal de outros.

Permitir a propriedade individual ou da comunidade na nova economia de criptografia, com ativos baseados em bases de dados sem terceiras partes centralizadas, que são substituídas por um sistema de mensagens criptografadas encriptadas sem confiança repostas por contabilidade aberta públicapartilhada implementada em Blockchain.

Em breve, o blockchain será invadida por comerciantes institucionais e investidores com suas leis territoriais e tributárias (KYC / AML) criaram leis que abalarão suas fundações, e iremos assistir a uma luta para bloquear os espíritos bem-intencionados da descentralização do ciberespaço "fora-nacional", trabalhando em comunicação paralela e horizontal e transação de ativos com contabilidade aberta para participação livre internacional no novo reino anárquico livre da Internet "blockchained".

Os comerciantes e investidores são radicalmente diferentes, o primeiro é totalmente destacado do objeto de investimento e é impulsionado por números frios - "vende-na-alta", "compra-em-baixa" - enquanto os últimos estão imersos em um envolvimento emocional total com o capital e tem mais tendência para "hodl"(reter) e perpetuar a relação de amor com o valor adquirido, mesmo na pior crise.

O domínio imperial dos EUA está desmoronando e temos o risco de novos impérios emergentes como a China, a Rússia e os senhores árabes dos petrodólares, mas precisamos encontrar uma maneira de descentralizar e humanizar o mundo em que os princípios anarquistas podem se sustentar.

Anarquia é autossustentabilidade, autonomia, autodeterminação, soberania individual, negação das restrições coletivas do supremo controle da supremacia dos governos, baseada na autoridade estatal, supervisão e vigilância como os imperadores da mente, do raciocínio e da ação individual.

A Anarquia é a alternativa para a convergência alienante de uma sociedade de massas, e os Anarquistas realmente têm as ferramentas e propriedade das plataformas descentralizadas, o que pode facilitar o surgimento de uma sociedade organizada anarquicamente, baseada no princípio do descentralismo com indivíduos livres, e a possibilidade de estabelecer contratos mutualistas congregando comunidades autónomas, equilibrando a liberdade global e individual.

O Anarquismo pode hoje ser internacionalizado e global , criando um equilíbrio entre a ação local e a tomada de decisão coletiva numa rede descentralizada global, apoiada pela tecnologia blockchain para uma sociedade psicologicamente mais saudável.

Os sistemas centralizados atuais estão a destruir a sociedade e estamos a viver numa sociedade decadente, com aumento da pobreza, desigualdade, poluição, guerras, com lobby de capital corporativo e transnacional e controle de autoridades governamentais centralizadas numa fraternidade de interesses que destroem bens públicos e fundos sem qualquer justiça ou prestação de contas.

O Anarquismo promove a mudança contra os impérios da opressão e apóia atitudes e formas de ação que vão do pacifismo total ao extremo do ativismo insurrecional.

O Anarquismo não é apenas um estilo de vida ou moda, uma tatuagem ou um corte de cabelo revolucionário, nem mesmo uma abordagem académica da realidade, mas uma maneira autónoma e ética de pensar, agir e experimentar o mundo.

"Saber" é usado para pensar sobre a Realidade, mas o Conhecimento é a capacidade de agir, de mudar e de experimentar o Mundo.

Isto significa que a Anarquia é uma forma de intervenção ao nosso redor, que abre as portas do Reinado Anárquico da soberania individual, para criar idéias inovadoras de interação social, sem centralização.

Qualquer instabilidade económica, social ou política leva a uma crise de valores, o que sempre desperta a voz da Anarquia, como o último caminho para a existência, enquanto o Anarquismo é a prática de vários princípios que orientam a ação e a intervenção para abrir caminhos para uma ação mais humanizada e um mundo próspero, num planeta preservado.

A centralização e a concentração de capital geraram redes organizacionais de trabalho escravo, a degradação do habitat humano com resíduos tóxicos, empobrecendo desigualdades no acesso a avanços científicos, tecnológicos, sociais e médicos.

A centralização do poder está a perverter a dinâmica económica global e quer regular a conectividade p2p no reino anárquico da internet e substituí-la por p-controle-p, com vigilância e censura para sufocar a liberdade de expressão, eliminando a privacidade e o anonimato.

Os Media bloqueam a nossa mente para o fato de que devemos participar da construção de um novo futuro em que todos estaremos a viver.

O falso liberalismo político atual está no caminho de aumentar a entropia para a dissolução, que são pré-sinais de regimes auto-centrados autoritários e, possivelmente, grandes guerras para alimentar o apocalipse da humanidade com vendas de armas e guerra psicológica, econômica e cultural.

Os anarco-capitalistas têm uma crença absoluta na liberdade individualista, no mercado aberto auto-regulado, com indivíduos ou um coletivo ligado por contrato como a única lei, o que poderia criar um florescimento na nova sociedade num mundo humanizado e harmonioso.

A Cripto-Economia é a nova realidade fomentada pela inovação da tecnologia blockchain e contabilidade distribuída e vai mudar o papel político e a confiança no estado, substituindo-a por modelos de autogovernança e consenso coletivo.

"Não se pode regular o que foi criado para não ser regulamentado. Um blockchain (cadeia de blocos) regulamentado ou proprietário será uma 'Cadeia Prisional' hierárquica.
A reação dos reguladores é sempre inconsistente e lenta (eles estão atrasados em relação á realidade), então eles criam barreiras que expressam sua ignorância, criando atrito para aumentar os custos e roubar a competitividade dos mercados e do fluxo de bens e dinheiro.
Regulamentos reais devem vir da interação em consenso para todos os membros de uma comunidade e entre as comunidades que habitam o blockchain. "
- charlie777pt em "Is the blockchain the "Engine Room" of "Starship Earth"? - Part I

Este é o fim da primeira das quatro partes deste ensaio sobre a Dialética da Libertação, que foi dedicado à Anarquia como a única alternativa política ao atual estado de degradação dos conceitos de libertarianismo, capitalismo e democracia que foram mortos pela centralização de poder e total falta de escrutínio pelos cidadãos, e irei começar a segunda parte dedicada ao Existencialismo e à singularidade de cada ser humano, seguida a terceira parte sobre a Descentralização como uma extensão da Anarquia, para terminar com a Dialética da Auto-Libertação, falando sobre ferramentas rápidas, selvagens e perigosas para a desestruturação do Ser para a sua transformação e geração de uma maior segurança ontológica, mais desperto para si próprio e para o Mundo, resultando numa redução da ansiedade básica.

A Dialética da Libertação: Anarquismo, Existencialismo e Descentralismo.
Artigos publicados:

Introdução à Dialética da Libertação: Anarquismo, Existencialismo e Descentralismo

I - Anarquismo

Próximos posts da Série:

II - Existencialismo

  • O que é o Existencialismo?
  • Os "Existencialismos"
  • Humanismo e Existencialismo
  • Existencialismo e Anarquismo

III - Descentralismo

  • O que é o Descentralismo?
  • A Filosofia do Descentralismo
  • Blockchain e Descentralização
  • Anarquismo, Existencialismo e Descentralismo

IV - Dialética da Auto-Libertação

  • O Congresso da Dialética da Libertação
  • Psicanálise e existencialismo
  • O movimento antipsiquiátrico

Referências:

- charlie777pt on Steemit:
A Realidade Social : Violência, Poder e Mudança
Piotr Kropotkin - O surgimento do anarquismo
Colectivismo vs. Individualismo

Livros:
"Psychology, Ideology, Utopia, and the Commons" - Dennis R. Fox (1985) American Psychologist
Bey, Hakim (1991) 7:A.Z.: the Temporary Autonomous Zone, Ontological Anarchy, Poetic Terrorism, Brooklyn, NY: Autonomedia.
Byas, Jason Lee, Toward an Anarchy of Production - Parts I and II
Marshall, Peter, Demanding the Impossible A History of Anarchism, Fontana Press (1992 )
Oizerman, Teodor.O Existencialismo e a Sociedade. Em: Oizerman, Teodor; Sève, Lucien; Gedoe, Andreas, Problemas Filosóficos.2a edição, Lisboa, Prelo, 1974.
Rothbard, Murray N., The Ethics of Liberty (1982)
Rothbard, Murray N., For a New Liberty The Libertarian Manifesto, Revised Edition
Tucker, Benjamin, Individual Liberty, Selections From the Writings
Pierre-Joseph Proudhon , What Is Property?
Bakunin, Michael , Bakuninon Anarchy: Selected Works by the Activist-Founder of World Anarchism
Crypto Anarchy, Cyberstates, and Pirate Utopias, edited by Peter Ludlow
Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  
  ·  last year (edited)

Mais um incrível post. Uma aula pela didática, um presente pelo conteúdo. Imprescindível nos tempos econômicos tanto financeiros, como psíquicos dos dias de hoje. Caminhamos juntos dessa concepção de anarquismo pelo viés da tecnologia Blockchain, e oferta de acesso à informação pelo prazer tanto que a tecnologia proporciona, por usar o imaginário intervindo no real sem precisar lidar com real, quanto pelo prazer do capital financeiro pela tokenizacao da Internet. Um capitalismo possível, a partir do que nos afastou da interação social. Textos assim mostram que é possível acreditar que a tecnologia pode nos levar nesse caminho, de busca de conhecimento sobre a si (auto conhecimento) e assim a apreensão do real junto a nosso imaginário e simbólico, pelo princípio da realidade, e não somente pelo princípio do prazer.

Como sempre, muito obrigado pelos comentários enriquecedores e motivadores, que contribuem realmente para a Visão do Steemit de uma curadoria e escrita de qualidade.
O Blockchain foi uma criação que empoderou a humanidade para o século da criação coletiva no universo descentralizado do ciberespaço.
A criação coletiva será uma nova ciência da economia integrando uma tecnologia com pessoas e transações materiais e espirituais que poderá explodir numa inovação social total e uma expansão progressiva da humanização, baseada na partilha da tecnologia e conhecimento aberto e da inteligência social.
Esta tecnologia de criação coletiva sem terceiras entidades centralizadas sejam elas capitalistas ou socialistas, que implicam sempre uma classe dominante que impede o aperfeiçoamento do espírito humano e a realização do homem total.
A centralização é a negação de um mercado livre de trocas de pessoa-a-pessoa e do próprio capitalismo e que abafa todo o desenvolvimento social e tecnológico.
Como dizia Descartes deveriamos ser "senhores e donos do Mundo" e sermos os Guardiões do Planeta.
O diálogo será o substituto das lutas e guerras, pois ele tem uma competência infinita na construção da paz, verdade e justiça desta humanidade em contínua via de realização, numa descentralização sem terceiras entidades ou instituições que bloqueiam o diálogo social.

Thank you very much for supporting my blogs friend....