[Diário de Bordo]: Steemit Transforma Vidas – Minha História & Aprendizado 💙

in #steemit3 years ago

Olá, pessoal, como vocês estão? Espero que todos estejam bem! 🤗

Resolvi fazer essa publicação como uma visão geral do que observei e aprendi na plataforma até o momento. Acho que todos nós deveríamos fazer isso de tempos em tempos e contar ao mundo sobre o conhecimento adquirido com as pessoas mais variadas deste planeta. Espero que esta história possa servir de exemplo para novos usuários, que ainda não sabem como publicar, ou que, talvez, sintam-se perdidos com relação ao que fazer. Eu digo: não se preocupem. Vocês acharão o caminho, assim como eu achei!

Primeiros passos


Quando criei minha conta, não sabia bem como publicar, onde clicar para encontrar grupos, onde as etiquetas ficavam, como colocar fotos (esse item, então, era um verdadeiro mistério). Não sabia nada! Passei alguns dias lendo tudo o que podia, em todos os lugares; lia publicações de alguns usuários com relação a como escrever artigos, como adicionar etiquetas, fotografias, e anotava tudo em uma folha de papel para futura referência.

Até que chegou o dia da criação da publicação introdutória. Nervosismo total! O que fazer? O que dizer? Será que vão gostar de mim? Será que lerão o que escreverei? Será que os usuários gostam de poesia ou de contos? Ou, até mesmo, de histórias com uma pitada de comédia? Não tinha essas respostas e me sentia completamente desmotivado e com medo. Medo? Por que medo? Talvez medo de não ser aceito. Enfim, arranhões e cicatrizes da infância que ecoam até hoje dentro de mim. 😔

DSC_0685.JPG

Contudo, entrei de cabeça, escrevi e publiquei. Com direito a foto minha e tudo! Foi libertário, acreditem! Daquele dia em diante, não quis mais saber de outra coisa a não ser publicar no Steemit. Porém, havia algo errado. Como fazer para blogar se eu não era um blogueiro?

Brainstorming


Comecei a fazer traduções de textos e publicá-las. Enfim, era o que fazia profissionalmente e talvez essa seria a chance para outras portas abrirem-se no cenário mundial. Era um pensamento que tinha, talvez um tanto distorcido sobre a plataforma, mas continuei fazendo minhas traduções, pois achava que era o mais correto naquela época. Então, veio o Hardfork 18 e tudo ficou meio nebuloso para mim. O que era Hardfork? Eu não tinha a menor ideia, e lá fui eu procurar o que significava isso. Encontrei a resposta e, sem ainda entender muito o que queria dizer, mudei meu foco e me perdi nas publicações. 😧

Por um mês inteiro não soube o que fazer. Publiquei tudo o que achava "interessante" para mim, mas não estava pensando em como fazer as publicações parecerem "interessantes" para o leitor. Creio que não estava dando a devida atenção ao que escrevia, ou escrevia muito pouco sobre o tema. Infelizmente, houve um momento de dúvida com relação a tudo e, por uma semana, já no mês de maio, resolvi parar e avaliar os fatos. Para ser sincero, quase deixei a plataforma de tão séria que a questão se colocava diante de mim. Foram sete dias pensando, lendo novamente tudo o que eu não entendia e, depois, para escrever melhor como um blogueiro, eu deveria fazer o seguinte:

a) dar mais atenção às publicações, ou seja, agregar mais valor ao que escrevia para que o leitor ficasse satisfeito e pudesse perceber todas as nuances do que tentava dizer;
b) não há nada errado em publicar textos curtos, crie-os apenas com amor e qualidade;
c) o Steemit é um blog e, neste momento, se você não cativar pessoas, não será ninguém por aqui e, ainda, se não blogar direito, a comunidade deixará você à margem, sem te dar a menor atenção.

Então, a fórmula era uma só: blogar com qualidade, desde a formatação do artigo até seu conteúdo.


DSC_0784.JPG

Mudança


E foi o que fiz! Comecei a tirar minhas próprias fotografias, a fazer menos traduções para focar mais em minha produção literária e, também, passei um verniz na estrutura da minha publicação, fazendo com que o trabalho ficasse mais encorpado, apresentando mais informações para os leitores e, assim, ganhando mais a confiança do público que, outrora, seguia-me.

Com o advento do Hardfork 19, eu já estava mais adaptado à realidade da plataforma, que é uma rede social diferente, ainda sem grupos ou comunidades como havia no Orkut e, até mesmo, no Facebook, mas apenas com etiquetas para achar o conteúdo que mais se gosta de ler. Não que isso seja totalmente ruim, é apenas, como eu disse, uma realidade diferente e, por isso, precisamos nos adaptar ao que nos é apresentado, e fazer dessa casa um bom lugar para se conviver e interagir.

Hoje, sinto-me mais feliz com as publicações. Escrevo minhas poesias, contos e narrativas do cotidiano, os quais são traduzidos para o inglês e espanhol e, algumas vezes, quando os textos são mais fáceis, para o alemão (língua que consigo entender, até mesmo falar alguma coisa, mas não sei escrever textos muito profundos sem cometer milhões de erros). Publico, também, minhas fotografias e, ainda, meus trabalhos manuais e desenhos que, por vezes, crio em meu tempo livre em casa. 😊

Nova Fase


A mudança de comportamento simplesmente me fez perceber a importância de blogar corretamente, levando-me a criar um site para minhas próprias criações literárias. Foi bem interessante vislumbrar como o Steemit consegue mudar a vida das pessoas e, em alguns meses, minha existência deu um salto inimaginável. Eu já escrevia antes de conhecer o Steemit, contudo, com a linearidade e constância na visitação desta plataforma, a escrita tornou-se ainda mais efervescente e fascinante, fazendo deste ambiente um local de treinamento, alegria e vontade de compartilhar o que vejo, escuto e sinto.


DSC_0255.JPG

Meus sinceros agradecimentos a todos que me fizeram perceber o quão importante é dar aos nossos sonhos a dimensão real necessária que eles merecem para se viver com a sensação de preenchimento e dever cumprido na Terra.

Nota para possíveis novos usuários: se você faz tudo isso e ninguém lê sua publicação, ou vota em você, antes de mais nada, liberte-se disso. Esqueça os votos por enquanto e continue publicando. Os votos virão no momento certo, as pessoas comentarão quando sentirem a necessidade e haverá interação. Não se esqueça de uma coisa: leia também a publicação de outros usuários que você segue. É importante fazê-los saber que você se preocupa e que gosta do que eles fazem e, depois da leitura, deixe seu comentário ou, simplesmente, vote nela. Tenha a certeza de que essas pessoas ficarão felizes com sua atitude. Um outro ponto importante é buscar textos de usuários novos e dar a eles alguns comentários e votos, caso as publicações sejam interessantes. Isso faz com que se sintam seguros e, mais do que isso, respeitados e amados. 💙

Muito obrigado por sua visita, carinho na leitura e comentários!
Abraços, @manandezo!
Publicação de 1º de agosto de 2017.

Sort:  

Boas dicas! Inclui o link pro post no wiki Steem.center na página Steemit (pt). Valeu!!!

Que legal, @wagnertamanaha! Brigadão! 😊

Abraços!

Muito legal!!! Adorei as dicas! Servem até pra mim que já estou aqui há um tempinho. Seu post deu uma animada, sabe? Me fez ter uma explosão de ideias, na verdade.
Ei! Que escrita linda é essa??? Eu sou apaixonada por escrita! Eu gosto muito de tecnologia e sei que aproxima as pessoas de forma mais rápida, mas escrever é como se você estivesse enviando parte de você para outra pessoa. A letra diz muito da gente. (Olha eu perdendo o foco do post!kkk)
Bom, é que escrever parece uma coisa do passado né? Fazem parecer dessa forma. Eu sempre tive um sonho...Fazer uma exposição de cartas! Cartas de amor, despedida, de conversas entre comadres... Todos os tipos. E na exposição ter uma escrivaninha com papel e caneta para que as pessoas pudessem voltar ao costume e escrever algo para alguém ou para elas. Fazer com que as pessoas voltem para dentro e busquem algo original que possam trazer para fora e compartilhar com outros. Ai, ai... Vai que aconteça né? Se a gente morasse perto, seria meu parceiro nessa aventura! Eu nem te perguntaria porque seria uma convocação! kkkk
Droga! Perdi o foco de novo! Mas vou parar por aqui, senão acabo escrevendo um livro nos comentários! (Ainda bem que não tem limite de caracteres!kkk)
Beijos, abraços e cheiros, querido Manandezo!

O mais interessante de tudo é que, depois de tudo o que conversei com você, com o Jammes, com @wagnertamanaha, @freyman e alguns outros super engajados com a comunidade, as ideias foram aflorando, surgindo contidas, mas surgindo, assim como as suas. Desde então, com essa injeção de ânimo que vocês me deram, fui impelido a escrever mais e mais.

A conversa com Jammes no chat me fez perceber que devemos pensar, agora no início, em adquirir um pouco de poder para, assim, crescer e fazer com que outros cresçam. Não pensava dessa forma; queria somente publicar em português e que todo mundo lesse meus textos. Contudo, com essa conversa, pude perceber que caso tenha "sucesso", posso fazer com que "todos" tenham sucesso também. Assim sendo, utilizarei as línguas que aprendi para fazer a ideia chegar a outros cantos do planeta e, assim, angariar fundos para um futuro projeto.

Sonhos começam assim, sem muito fomento, mas com muita vontade. E, se temos vontade, haverá vitória. Então, coloque seus sonhos aqui também. Publique sobre as cartas, faça um artigo sobre essa maravilhosa arte de escrever e enviar textos pelo correio. Eu vou adorar ler tudo e, certamente, se morássemos mais pertinho, seríamos parceiros de escrita. Mas, isso me deu uma ideia e vou falar com você no chat qualquer dia para colocarmos em prática. Tenho a certeza de que você vai gostar! Por enquanto, vou te deixar curiosa e eu, por minha parte, já estou mega ansioso para colocar isso em prática. Aguarde e confie! 💙

Beijos minha amiga querida! Paz e bem! 👳

Eu já estou super ansiosa!!! Beijos!!!!

Fique tranquila. Enquanto isso, vai lendo o outro texto que publiquei. Espero que goste e ria muito! 😆😆😆

Beijinhos!

Excelente!!! Para mim que sou nova nesta plataforma e ainda não percebi nem 1/3 do funcionamento da mesma, será com toda a certeza uma grande ajuda.
Obrigada. Beijinhos

Muito obrigado, @ginga! Olha, há muito que se aprender aqui e, aos poucos, você chega lá!

Beijos com carinho! 💙

Olá @manandezo
Incluimos teu texto no post de hoxe O mais leido do Steemit en Portugues o 2/Agosto porque é un dos mais votados e seren ademais extremadamente didáctico.
A ver si o ser que vive ó outro lado da @gazetagaleguia aprende algo das túas dicas !! :D

Parabéns e Obrigada polas túas aportacións.

Percuramos curadoras de contidos. Queres axudar??

Eu sempre agradeço essa força linda que vocês me dão, de coração!

Espero que meus escritos sejam de valor para outros que ainda não encontraram seu caminho pela plataforma. Porém, há outros textos meus em que coloco todo o meu humor, e esses serão de grande valia para desanuviar a mente de qualquer estresse! 😂

Abraços, querida, paz e bem! 💙

Obrigado polas túas dicas, @manandezo!!
Cómo vota un de menos esa sensibilidade da que ti estás cheo..!!!
Fraternais apertas.

A felicidade que me dá é que tenham gostado e os comentários me fazem seguir em frente. Obrigado, amigo @freyman, pelo apoio sempre belo que me oferece!

Abraços, paz e bem! 😊

Muito bom o texto!! Eu estou no mesmo caminho e muito feliz com o que o Steemit está nos proporcionando!! bjs

Não é maravilhoso? E viciante!

Beijos, @marcelli! 😘

Boas explicações ! Me cadastrei no ano passado e passei quase um ano acompanhando sem ter coragem nem conhecimento de inglês para publicar. Comecei publicando alguns textos que minhas filhas traduziram para mim, e, devo começar a publicar em português também agora que a comunidade está ficando mais coesa. Você tem sido um agente agregador importante ! Abraço.

Muito obrigado, @br-real!

No fundo, foi um aprendizado "na marra". Depois de tanto ficar perdido, não sabendo o que fazer, tive de parar, respirar, concentrar-me, e decidir qual rumo daria às publicações. A maior resposta que tive, foi: "devo aprender sobre o que significa 'blogar' e 'publicar' textos na internet. E foi isso que fiz.

Primeiramente, os textos serão em português, em respeito à minha língua materna e meus amigos e, depois, serão traduzidos, para que possam alcançar o mundo e, ainda, meus amigos que não conseguem ler nosso idioma.

Não se acanhe em escrever somente em inglês e sinta-se à vontade para escrever em português assim que se sentir melhor com relação à plataforma. Uma dica interessate seria publicar em português e, depois, traduzir. Certamente, muitas pessoas que não falam português também estão interessados em saber sobre o que quer falar em suas publicações.

Mais uma vez, muito obrigado, de coração, pelas palavras, e que continuemos com o trabalho em prol da lusofonia no Steemit!

Abraços, paz e bem! =)

Que texto fera Mano, parabéns. É assim que é e fico feliz por ver que tu está crescendo aqui, muito bom. A ideia é essa, aqui não temos nada a perder. Grande abraço e boa sorte sempre!

Obrigado, meu amigo! Olha, já tem outro texto para leitura, viu? Fresquinho, fresquinho (em todos os sentidos)! 😆😆😆

Oh, adorei o seu post! Gostei de conhecer o seu caminho :) e me revejo no que diz, principalmente no fim do seu texto. O meu amigo que me introduziu no Steemit me deu exatamente esse conselho: esqueça a "popularidade", acima de tudo seja voce própria, blogue com qualidade e seja altruísta, que o reconhecimento virá. Ele me disse por outras palavras, mas foi isso que quis dizer, foi isso que interiorizei e é por isso que eu gosto muito do Steemit. mais do que uma plataforma, é uma comunidade! Bem haja!

Oi, @nolasco! Que bom que gostou! Realmente, fiquei tão perdido por aqui, sem muito o que fazer, que acabei cometendo algumas faltas. Entretanto, são dessas faltas que nasce o acerto e isso me deixa feliz.

Hoje, escrevo com mais consistência, e coloco nos texto o que sei fazer: contar histórias por meio de poesia, relatos, diários, pequenos contos, narrativas maiores, enfim, colocando o lápis para funcionar com a ajuda da cabeça fervilhando de ideias. Assim percorro a plataforma. E os presentes que ganho? Ah, esses são os comentários mais que amorosos, assim como o seu. São meus troféus e mimos, que guardo no coração!

Um beijo, paz e bem! =)

Oh, que bom! Penso exatamente como vc! O que mais gosto é que me leiam, mesmo sem votos, que troco por comentarios como o seu :). Bem haja!

Corações unidos nos comentários. O crescimento vem exatamente desse amor "imotivado"!

Beijos, paz e bem! =)

Já diz uma grande amiga que toda a gente precisa de mimo, até os que já têm! Beijos, paz e bem para vc também!

Excelente partilha de experiencia ! Obrigado =)

Muito bom! Parabéns por compartilhar. Escrever é assim mesmo. Um exercício contínuo.