Vibook, projeto em blockchain com criptomoedas brasileiro - onde participo do conselho consultivo - quer unir autores, leitores e resenhistas de livros e ebooks

in #pt2 years ago (edited)

vibook_frase_murakami.png

"Se você só lê os livros que todo mundo lê, então você só vai pensar o que todo mundo pensa". Haruki Murakami, escritor.

Crédito da foto: Paulo, disponível sob licença Creative Commons no Flickr. Imagem editada e compartilhada no Canva.com

Mês passado compartilhei aqui um link para a fanpage do projeto Vibook - Aceitei o convite para ser membro do conselho do Vibook, plataforma para autores, leitores e resenhistas de livros e e-books - com o aviso da minha colaboração nesta iniciativa brasileira em blockchain e criptomoedas para a área editorial, da economia criativa e do conhecimento.

Como explicado no site Vibook (http://www.vibook.io), o projeto quer garantir um registro de autoria em livros e e-books, criando uma rede de usuários que permita descentralizar e desintermediar o atual mercado editorial, incluindo a produção acadêmica. Além disso, através de votos entre os participantes, disponibilizar um mecanismo para selecionar e financiar novas obras e autores. Tudo isso através da segurança, transparência e inviolabilidade da tecnologia blockchain, contratos inteligentes e tokens próprios.

Como comentado no post da fanpage Vibook, aceitei o convite feito por Marcus Colacino para integrar o conselho. O empreendimento é liderado pelo Gustavo Gonçalves, a partir de Olinda/PE, cidade vizinha de Recife/PE, onde o Marcus chegou a organizar feiras literárias. A implementação está a cargo de Talles Augusto, que tb criou a Pengcoin, criptomoeda voltada para filantropia. Não sou desenvolvedor, mas pelo que li no White Paper, serão utilizados os recursos em blockchain das plataformas em código aberto do Pivx, Digibyte e Dash.

Ainda não encontrei pessoalmente o Gustavo nem o Talles, mas o Marcus é conhecido de longa data, desde o tempo do projeto MetaReciclagem nos primórdios da internet. Mais uma vez, obrigado pelo convite e oportunidade de colaborar no projeto! Produção e distribuição de conteúdo, economia criativa e de compartilhamento são áreas em trabalho faz tempo, está sendo um prazer ajudar. No papel de conselheiro, aproveito para compartilhar alguns possíveis direcionamentos e inspirações.

Registro de Autoria

Concordo que a tecnologia blockchain é ideal para registros e acompanhamento, na criação e distribuição de livros e e-books. Hoje em dia, o esforço de catalogar e organizar a imensa produção das obras já é avançada, representada pelo número quase mágico do ISBN (International Standart Book Number). Lembro de ter lido uma entrevista do Jeff Bezos dizendo que um dos motivos de ter escolhido começar a Amazon vendendo livros foi o ISBN, que facilitava a localização dos títulos nos estoques das editoras e a consequente oferta deles pela internet (novidade na época). Confesso que preciso estudar melhor o formato que será adotado pela Vibook mas em minhas pesquisas descobri o ISCC (https://iscc.codes) - International Standart Content Code - que disponibiliza uma solução em blockchain para unificar os códigos hoje separados entre livros, revistas, filmes e música.

De acordo com este release pago publicadao no site Bitcoin.com, em junho do ano passado foi lançado o Autorship (https://authorship.com). Usando a criptomoeda ATS, um token ARC-20 baseado na tecnologia Ethereum, no sistema de publicação de livros em blockchain da Autorship os autores recebem os tokens ATS em troca de disponibilizar seus livros para venda e os leitores podem gastar seus ATS na compra destes livros. Na plataforma Waves, o Deponent (https://deponent.io/en) (que foca em proteção legal contra a pirataria) foi anunciada pelo Waves Labs como um dos 10 projetos selecionados para receber investimentos em criptomoedas.

Rede Social de Autores e Leitores

Outra referência legal para acompanhar são as redes sociais de leitores e autores literários, talvez a mais conhecida seja a Goodreads (na minha pg de usuário lá https://www.goodreads.com/user/show/8613848-wagner compartilho os livros que li, quero ler ou estou lendo), lançada em e 2006 comprada pela Amazon em 2013. A Skoob (meu perfil lá é https://www.skoob.com.br/usuario/1336744, menos ativo) é outra rede social semelhante, criada no Brasil, que parece ter bastante sucesso. Em 2017 o site Publish News publicou - Skoob lança ferramenta para que editores conheçam a fundo seus leitores - revelando que a empresa integrava o grupo #coisadelivreiro, junto com youtubers de crítica literária e resenhas populares. Tb participante deste hub, descobri a fanpage Book4You, com mais de 450 mil fãs no Facebook. Eles lançaram a ideia de um Tinder de Livros mas cujo crowdfunding não atingiu a meta necessária para o desenvolvimento do app. Participando do grupo Fbook - Divulgação de livros nacionais no Facebook, mantido pelos criadores do Vibook, descobri a rede social de storytelling Wattpad (https://www.wattpad.com), que segundo esta matéria da BBC já contava com 800 mil usuários brasileiros em 2016: 'Geração Wattpad': Os autores que saltaram das redes sociais literárias às grandes editoras.

Por coincidência, outro site parecido, o Bookess, foi desativado em março. Mas apesar de permitir conversas e troca de mensagens entre usuários tem foco na auto-publicação, divulgação e venda de livros. Talvez a conta de manter um serviço centralizado tenha sido muito pesada, quem sabe soluções descentralizadas, o blockchain e criptomoedas pudessem ser uma alternativa para viabilizar comunidades e iniciativas deste tipo. Aqui mesmo no Steem blockchain o @dudutaulois tentou integrar o perfil @stevescribe com o site Scribe, que ele criou em 2014 como um espaço livre para as pessoas escreverem e fomentar uma economia de micro pagamentos onde todos poderiam ganhar com isso. O site tb não está mais no ar mas ele explicou a ideia neste post. Dias atrás descobri este white paper Blockchain for Books (Blockchain para Livros), publicado pela ALLi - Alliance of Independent Authors (Aliança dos Autores Independentes) onde citam Publica.com. No documento a ALLi defende o papel da nova tecnologia no que chama Self-Publishing 3.0 (Auto-Publicação 3.0) enquanto a Publica lançou o conceito Book ICO (Oferta Inicial de Criptomoedas de Livros).

Criação literária coletiva, co-criação e fanfics

Tempos atras a @barbaralisarti lançou aqui no Steem blockchain a tag #eraumavez onde histórias eram criadas a partir de uma sequência de posts, de vários autores, como uma corrente ou um jogo tipo passa anel. Muita gente participou, eu inclusive, provando a força da criação colaborativa, que pode servir de inspiração para o projeto Vibook. Nesta mesma linha existe o projeto The Magic Frog (@the-magic-frog), cuja versão em português @sapo-magico teve apoio do @brazilians. Mais recente tem o @steemfiction, um grupo de escritores colaborativos que publicam as obras via Amazon.

Este tipo de criação literária coletiva foi potencializado com as redes sociais, o próprio best seller 50 Tons de Cinza deve muito aos grupos e fóruns de fanfics espalhados pela internet. Esta matéria da Forbes dá uma ideia deste novo processo - Fifty Shades Of Green: How Fanfiction Went From Dirty Little Secret To Money Machine (50 Tons de Cinza: Como a fanfiction (ficção escrita por fãs) deixou de ser segredo de alcova para virar uma máquina de fazer dinheiro). A revista Capricho fez esta matéria com sucessos parecidos com escritoras brasileiras: Da internet para as prateleiras: veja 6 fanfics que viraram livros!. Pesquisando sobre os fanfiqueiros brasileiros descobri a versão localizada do site Get Inkspired e ainda os sites Fanfics, Fanfiction, Spirit e Fanfic Addiction.

Além destes caminhos também incluo o crowdfunding, a impressão sob demanda e a troca (bookcrossing) e distribuição de livros, como áreas onde o Vibook pode contribuir, desde que esteja alinhado com a estratégia de desenvolvimento e aplicação do blockchain. Começando com este post, minha ideia é publicar sobre estes assuntos de tempos em tempos, compartilhando e deixando gravado aqui no blockchain do Steem minhas contribuições no conselho, desde que autorizado como não confidenciais pela equipe executiva do projeto.

Também quero aproveitar minha presença como usuário aqui no blockchain do Steem e membro do conselho no Vibook para experimentar integrar os 2 projetos e suas respectivas criptomoedas. Não sei ainda como podemos fazer mas já começo reservando as recompensas líquidas deste post para serem revertidas em futuras ações neste sentido. Quem sabe algo envolvendo conteúdo sobre livros, a tag #biblioteca ou o perfil @steembookx (atualmente inativo) por exemplo, ou criação literária coletiva (como a tag #eraumavez, que foi sucesso tempos atrás ) aceito ideias e sugestões!

Qq comentário, dúvida, crítica ou sugestão continuo a disposição.

Valeu! Obrigado, sucesso e boa sorte mais uma vez!!

steem_vibook_rodape_01.png

"Sempre imaginei o Paraíso como um tipo de biblioteca". Jorge Luis Borges, escritor.

Crédito da foto: Pedro Cambra, disponível sob licença Creative Commons no Flickr. Imagem editada e compartilhada no Canva.com

90% das recompensas líquidas deste post serão reservadas para apoiar ações promovendo o Vibook (http://www.vibook.io) no ecossistema do Steem blockchain.


10% das recompensas líquidas deste post serão doadas automaticamente p/ o projeto Brazilian Power no @brazilians usando o recurso "rewards beneficiary" disponível no @steeveapp)

Sigam: @brazilians, @camoes, @msp-brasil, @ptgram-power, @gazetagaleguia, @brazine, @blocosdoigor, @steembrasil, @blockchainbrasil, @estourefugiado
Conheçam tb o projeto https://ptgram.tk


English version: Vibook, a blockchain and cryptocurrency project - where I'm a member of the advisory board - that aims to gather book and e-book authors, readers and reviewers

Posts sugeridos:
1/4/2019 - @steemcenterwiki: March STEEM distribution list with Steem.center wiki collaborators (via @dclick)
31/12/2018 - @blockchaincat: New Year's Eve party with polar bears (via @dclick)
1/4/2019 - Lista de projetos contra fake news (inclusive em blockchain) para acompanhar neste 1º de abril, dia da mentira (via @dlike)
28/3/2019 - O tempo passou e a grade de proteção da árvore foi absorvida pelo tronco (via @appics)
11/3/2019 - Carnaval 2019 - Bitcoin desfilou na Sapucaí sem muita sorte e teve Bitchcoins nos bloquinhos pelo Brasil, nenhum deles batizado de Bloco Chain desta vez (via @steeveapp)
9/3/2019 - Livro Blockchain e Organizações Descentralizadas de João Guilherme Lyra (steemian @joaolyra) (via @dlike)
4/3/2019 - Lata de cerveja flutuando em círculos na enxurrada (via @dtube)
1/3/2019 - Temaki de atum e missô shiro na Temakeria Makis Place (via @letseat)
22/2/2019 - Projeto Leitura no Vagão aceita doações em criptomoedas Smartcash (via @dlike)
2/2/2019 - Aceitei o convite para ser membro do conselho do Vibook, plataforma para autores, leitores e resenhistas de livros e e-books (via @dlike)
22/1/2019 - No primeiro dia do ano fui reconhecido como o "amigo" do Satoshi no elevador. Seria isso um bom sinal? (via @steeveapp)

Inscreva-se no Steemit para ganhar recompensas vc tb >>>
Mais recompensas em criptomoedas? Responda emails no Earn.com, faça buscas no Presearch, cursos online no BitDegree, compartilhe links no Refind >, mensagens SMS no Birdchain, opiniões sobre criptos no Crowdholding e imagens no Supload > e Minds >


View this post on Steeve, an AI-powered Steem interface

Sort:  

Antigamente tinha o Dbooks aqui. Era um projeto, e isso me animou a escrever um livro que tenho a história meio que na cabeça e nunca fiz o resto.

Até então, eu estava pensando em trazer aqui para o Steemit os próximos capítulos da história que escrevia lá ^^

Posted using Partiko Android

Bem lembrado, vou pesquisar o que aconteceu com o projeto @dbooks.org pois pode servir de referência para o Vibook. Tb já vi autores de livros criarem contas para publicar os capítulos por aqui e testar alguma eventual remuneração via upvotes. Conforme eu for me aprofundando nos detalhes técnicos e no cronograma de desenvolvimento, minha ideia é propor aos criadores do projeto futuras integrações entre o blockchain e as criptomoedas do Steem, qq novidade aviso aqui. Valeu! Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Vou ser chato e pouco ético, mas mais vale chorar por um voto para witness do que estar calado...
Por isso...
E pedindo antecipadamente desculpa pela invasão....aí está o pedido...


VOTA AQUI @steemitportugal WITNESS
steemitportugal

Parabéns pelo post.

Obrigado pela indicação, já votei lá! Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Congratulations @wagnertamanaha! You have completed the following achievement on the Steem blockchain and have been rewarded with new badge(s) :

You made more than 21000 upvotes. Your next target is to reach 22000 upvotes.

You can view your badges on your Steem Board and compare to others on the Steem Ranking
If you no longer want to receive notifications, reply to this comment with the word STOP

To support your work, I also upvoted your post!

Vote for @Steemitboard as a witness to get one more award and increased upvotes!

Muito relevante, parabéns!

Valeu! Parabéns por seu projeto tb, vi que tem bastante conteúdo em português, ele é ideia de desenvolvedores brasileiros? Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Hi @wagnertamanaha!

Your post was upvoted by @steem-ua, new Steem dApp, using UserAuthority for algorithmic post curation!
Your UA account score is currently 4.075 which ranks you at #3538 across all Steem accounts.
Your rank has not changed in the last three days.

In our last Algorithmic Curation Round, consisting of 225 contributions, your post is ranked at #202.

Evaluation of your UA score:
  • Some people are already following you, keep going!
  • The readers like your work!
  • Try to work on user engagement: the more people that interact with you via the comments, the higher your UA score!

Feel free to join our @steem-ua Discord server