#ERAUMAVEZ - história 6 - parte 6

in pt •  last year  (edited)

Obrigado @casagrande pelo convite de participar de mais uma história colaborativa steemiana, iniciativa da @barbaralisarti bem recebida por todos e cujas regras foram publicadas aqui: https://steemit.com/pt/@barbaralisarti/historia-6-parte-1-eraumavez

Continuando a história 6 da TAG #eraumavez.

Episódios anteriores:

HISTÓRIA 6 - PARTE 1 (#eraumavez) por @barbaralisarti
HISTÓRIA 6 - PARTE 2 (#eraumavez) por @belzunces
HISTÓRIA 6 - PARTE 3 (#eraumavez) por @wiseagent
HISTÓRIA 6 - PARTE 4 (#eraumavez) por @matheusggr
HISTÓRIA 6 - PARTE 5 (#eraumavez) por @casagrande

Lembrando dos bitcoins que possuia o pai pegou o celular, que misteriosamente teimava em funcionar mesmo sem bateria, abriu as configurações e foi logo buscar uma conexão com a internet. Para sua alegria uma rede wi-fi aberta com o nome “Dentro do Bosque” começou a piscar, coincidência ou não tinha o mesmo nome do salão principal do retiro onde ficaram isolados por tanto tempo, longe dessa turbulência da tentativa de intervenção para-militar que estava acontecendo.

Sem se preocupar com mistérios, coincidências ou agitações ele se conectou na rede, acessou sua carteira e checou o saldo: 1.103.207 BTC! Caraca, fazia muuuuito tempo desde seu último login na blockchain do Bitcoin… ele começou a minerar bem no começo mas achou estranho que tivesse chegado neste valor tão alto. Teclando desenfreadamente o celular avisou a família da boa nova, que estavam bilionários e que pra voltar pra casa agora podiam até fretar um vôo em uma nave da SpaceX.

Neste momento, de súbito, mão pequenas e frágeis arrancaram o celular de suas mãos, que não conseguiram reagir com agilidade mesmo sendo maiores e mais fortes. Era seu filho, que agora erguia o braço segurando aquele celular, balançando sobre a cabeça como um troféu. Para surpresa de todos ele começou a discursar:

— Não acredito! Vocês não aprenderam nada no retiro? O Guru disse que curtir e receber curtidas no Instagram e Facebook libera dopamina no corpo, a mesma substância das drogas, álcool e jogo. Ficamos sem internet alguns dias - continuou ele agora chacoalhando violentamente o aparelho - mas deu pra ver que com mais paciência e contato pessoal podemos viver com liberdade e amor verdadeiros. Não precisamos mais deste aparelho do mal! Nunca mais!

Dito isto, com uma mão ele apertou um minúsculo frasco de perfume, preso na ponta de um cordão de metal que o Guru colocou no pescoço de cada um na cerimônia final do retiro. Segundo ele o olfato seria o último sentido que ainda não foi digitalizado nem pode ser transmitido pelas redes sociais. Na outra mão o celular, que estava prestes a ser arremessado pra bem longe, em uma pose olímpica.

A mãe, vendo aquilo, pulou sobre o filho, abraçando com força e em prantos pediu desculpas bem alto, repetindo entre soluços e pra todo mundo ouvir que nunca mais iria abandoná-lo da forma como tinha feito naquela viagem. Ambos desmoronaram e no chão, de joelhos, mesmo com o choro entrando direto em uma orelha, a mãe viu que a tatuagem em homenagem a ela, que o filho tinha nas costas, parecia ligeiramente diferente. Assim que percebeu isso um frio gelado percorreu sua espinha, mas essa má sensação logo foi substituída por um imenso orgulho por ter conseguido levar toda a família para aquele retiro, depois de tanto tempo, esforço e convencimento.

Logo um bolinho de gente e lágrimas se formou, o membro mais novo da família como que em transe começou a entoar o mantra que haviam ensinado no retiro. Mesmo sem se desgarrar do skate, do qual não se separa em nenhum momento, repetia o mantra usado na meditação todas as noites antes de dormir. Por um momento a melodia das palavras naquela voz delicada mas penetrante trouxe uma sensação de paz.

Paz distante da realidade onde além da falta de combustível e alimentos, jamantas e betoneiras desgovernadas eram usadas para bloquear prédios e paralisar o congresso, assembléias, palácios de governo, tribunais e até mesmo tirar a TV Globo do ar. Os protestos tinham chegado ao ponto onde polícias desorganizadas e divergências entre Exército, Marinha e Aeronáutica fizeram o movimento pela intervenção militar organizar milícias e grupos de gideões e passarem a defender uma intervenção para-militar, que aparentemente estava sendo vitoriosa.

A catarse familiar só foi interrompida quando viram chegar ao longe um carro preto cercado de centenas de ciclistas. Antes de ter seu celular arrancado das mãos, o pai havia conseguido contratar um motorista pelo Arcade City, aplicativo de compartilhamento de caronas em troca de criptomoedas próprias e Bitcoins. Assim que se aproximaram o pai reconheceu o motorista e ficou horrorizado, era o velhote do restaurante! Mesmo diante de um ser estupefato o líder dos ciclistas se aproximou e disse:
— Faz anos estávamos monitorando a sua carteira de Bitcoins, finalmente detectamos uma movimentação!

Diante da família que ainda se recompunha e agora estava surpresa, o pai ficou frente a frente com aquele interlocutor. O estranho tirou os óculos e capacete de ciclista, assumiu uma pose formal e depois, educadamente, colocou as mãos sobre seus ombros, espanou o pó sobre a blusa e perguntou:
— O senhor é o Satoshi Nakamoto, eu presumo.

Continua, @aiyumi!


10% das recompensas líquidas deste post serão doadas
p/ o projetoBrazilian Power no @brazilians

Sigam: @camoes, @gazetagaleguia, @brazine, @blockchainbrasil, @estourefugiado


Posts sugeridos:
2/5/2018 - @estourefugiado: Blockchain contribui para melhorar a qualidade de vida dos refugiados sírios na Jordânia
1/6/2018 - @steemcenterwiki: List of Steem.center wiki participants entitled to receive a share of STEEM collected in May
9/5/2018 - @blockchaincat: Visiting Japan
11/5/2018 - A primeira vez pagando uma conta com bitcoin a gente nunca esquece :-)
24/4/2018 - Minha primeira contribuição no Lunyr (tipo uma Wikipédia no blockchain do Ethereum) foi aprovada: um artigo sobre CryptoKitties!
23/3/2018 - Decoração de páscoa na UBS (Unidade Básica de Saúde) Humaitá
28/2/2018 - #Ptgram | Sugestão de template para padrão visual dos próximos boletins sobre os grupos em português no Telegram
26/2/2018 - Bloco Chain no Pós-Carnaval em SP e Rio, presenças ilustres e balanço da tag #BlocoChain
4/2/2018 - Podcast - Alender com participação do Wagner Tamanaha - Parte 2
6/1/2018 - A montanha se moveu! Mark Zuckerberg cita criptografia e criptomoedas em seu tradicional post com resoluções de ano novo.
28/12/2017 - 1º Amigo Oculto (ou Secreto) do Steemit. Lista com links dos posts presentes de boas festas e feliz 2018!
3/12/2017 - Apresentação sobre Steem e redes sociais em blockchain que mostrei no 1º Fórum Informal da Web Descentralizada em SP
25/11/2016 - Estudantes brasileiros limpando a sala de aula como no Japão. A escola ocupada como projeto pedagógico

Inscreva-se no Steemit para ganhar recompensas vc tb >>>
Mais recompensas em criptomoedas? Responda emails no Earn.com, compartilhe links no Refind >, contatos profissionais no Dock.io e imagens no Supload > e Sola >

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Mandou bem Wagner!!!! EStou indo p. SP em Julho... vamos organizar um evento legal??

Valeu! Opa, evento em julho pode coincidir com a seleção na final da Copa hein :-) Vamos nessa! Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Essas histórias estão cada vez melhores e mais doidas! Que legal que escolheram o @wagnertamanaha!

Boa continuação! Muitas informações subliminares úteis!

Ótima chamada pra @aiyumi

Sucesso!


projeto #ptgram power

Upvoted em nome do Time de Curadoria dropahead!

Obrigado por seguir as regras.

AVISO: O time de curadoria dropahead não, necessariamente, compartilha das opiniões expressadas neste artigo, mas acredita que o esforço e contribuição do autor merecem melhor recompensa e visibilidade.

Ajude-nos a te dar upvotes maiores:

Upvote este comentário!
Upvote & Resteem o último Relatório de Curadoria dropahead!
Junte-se a Trail de Curadoria dropahead
para maximizar suas recompensas de curadoria!
Vote dropahead Witness com SteemConnect
Proxy vote dropahead Witness
com SteemConnect
Doe STEEM POWER para @dropahead
12.5SP, 25SP, 50SP, 100SP, 250SP, 500SP, 1000SP
Faça o mencionado acima e nós teremos mais STEEM POWER para dar a VOCÊ maiores rempensas da próxima vez!

Novidades dropahead: How to give back to the dropahead Project in 15 seconds or less

Valeu! Talvez esse post tenha sido a primeira vez que publico algo de ficção em uma rede social ou mesmo na internet. Lembro que inventava histórias nas redações no tempo de estudante, quando nem existia internet :-) Valeu! Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Correndo para ver o próximo capítulo! Muito criativo @wagnertamanaha, meus parabéns!

Obrigado! Tb estou curioso para saber como a história vai acabar :-) Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Muito bom! Já espero o outro capítulo! hahaha...

Valeu! Se tudo der certo e as regras forem seguidas hj até antes da meia noite vamos saber o desfecho dessa história toda :-) Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Boa, @wagnertamanaha! :D Quando a gente iria imaginar que o Satoshi Nakamoto estava preso na estrada por conta da manifestação dos caminhoneiros? :P Hahahaha! Parabéns pela criatividade e obrigado por compartilhar ;)

Mas será que é ele mesmo? Vamos aguardar o próximo capítulo :-) Valeu! Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Ah é, vou lá conferir a continuação :D Hehehehe!

O projeto #ptgram power está votando em você! Recompensamos a participação ativa na comunidade e os bons conteúdos. Saiba como receber votos mais valiosos da trilha.

kkkkk.. muito bom! Esse projeto da @barbaralisarti é muito bom!