Até que ponto conhece a sua cidade?steemCreated with Sketch.

in #ptlast year (edited)

Um dia destes, indo eu a caminho de casa com aquele espírito de final de tarde distraído pelo mesmo trajecto de sempre, tropecei num casal que observava um pouco pasmado e genuinamente interessado, uma estátua assaz conhecida no cento da cidade e que eu, confesso, de tanto saber que ali está, nunca verdadeiramente observei em detalhe.

Um transeunte solícito mas brincalhão, relatava-lhes que se tratava de um ladrão famoso que por ter tentado assaltar “aquele banco ali atrás” (a delegação do Banco de Portugal na Região Autónoma da Madeira é visível atrás) foi enforcado naquele local e assim se erigiu uma estátua para ficar de exemplo a todos”.

A idiota explicação deixou-me a pensar na importância de sabermos a verdade sobre a História e os seus grandes personagens, quanto mais não seja, para não fazermos figura de tontos - já que se trata, para muitos, da mais importante figura histórica da Região Autónoma da Madeira.

Embora contornasse a nórdica dupla de turistas retomando o passo apressado, a verdade é que me detive em pensamento a constatar que provavelmente muitos forasteiros ficam, em meia dúzia de dias, a conhecer melhor os aspectos arquitectónicos, históricos e culturais dos locais que visitam, do que a maioria dos que lá vivem.

É que o olhar deles é curioso e ávido de saber tudo o que costumamos dar por adquirido e se torna invisível para os locais.

Então decidi começar a olhar a minha cidade com olhos de quem a quer verdadeiramente conhecer, mantendo-me atenta, mesmo nos percursos que faço já em modo ”piloto-automático” e deixar-me surpreender com os recantos, monumentos, placas que assinalam locais de interesse histórico - e tudo o mais que enriqueça a nossa consciência da envolvente quotidiana em termos de cultura e etnografia.

Sem surpresa, comecei justamente pela dita estátua, sobre a qual descobri elementos até então ignorados, que partilho aqui:

1- SOBRE O MONUMENTO

Estátua de João Gonçalves Zarco

~


«»

(Fotos da autora)

Na intersecção das principais avenidas da cidade (Avenidas Zarco e Arriaga) e muito próximo à Sé do Funchal, encontra-se o monumento em homenagem a João Gonçalves Zarco, grande navegador da época da Gesta Marítima Portuguesa, descobridor (juntamente com Tristão Vaz Teixeira) das ilhas do arquipélago da Madeira e primeiro Capitão Donatário do Funchal. Trata-se de um trabalho em bronze, da autoria do prestigiado escultor português Francisco Franco, iniciado em 1927 por encomenda do Governo Português, cujo pedestal, ou base em coluna quadrangular, apresenta quatro baixos relevos (também projectados por Francisco Franco mas da autoria do arquitecto Cristino da Silva) que representam um conjunto alegórico dos aspectos da expansão ultramarina portuguesa:

~

  • “Conquista” - representada por um cavaleiro com a sua armadura e espada,
  • “Colonização” (ou povoamento) - representado por um agricultor com um arado,
  • “Evangelização”- representada por um monge com sua bíblia, e
  • “Sabedoria” - representada por um estudioso com um astrolábio (instrumento de medição dos astros usado pelos navegadores portugueses).

Sendo provavelmente a estátua mais notada da cidade, pois retrata o grande navegador que descobriu, povoou e administrou a ilha da Madeira, e depois de ter ganho a medalha de ouro na Exposição Ibero-Americana de Sevilha em 1929, foi inaugurada em 28 de maio de 1934, ocasião em que este território, antes de se tornar numa região com autonomia política e administrativa, ainda era um mero distrito de Portugal.

barra-divisoria

2- SOBRE O HOMEM
~

Pouco se sabe sobre João Gonçalves Zarco, sendo provável que tenha participado na conquista de Ceuta em 1415, ao serviço do Infante D. Henrique, que aí o terá nomeado comandante de uma embarcação destinada a patrulhar a Costa Sul de Portugal, alvo de frequentes actos de pirataria, e que tal circunstância o terá tornado mestre nas artes do mar, pois chegou à ilha de Porto Santo em 1418 e à ilha da Madeira em 1419.

Estes feitos terão sido determinantes para o Infante D. Henrique o ter escolhido para liderar o projecto de colonização do Arquipélago da Madeira por volta de 1425 e o ter nomeado mais tarde capitão-donatário do Funchal.

Em 1437 voluntariou-se para participar na expedição de Tânger, onde o mesmo Infante D. Henrique o armou seu cavaleiro e após regressar à ilha da Madeira foi responsável pelo incremento da construção de embarcações que contribuíram para o sucesso das expedições dos Descobrimentos Portugueses além do Cabo Bojador.Segundo consta, terá sido o primeiro a colocar peças de artilharia a bordo dos navios, embora de fraco desempenho.

Foi casado com Constança Rodrigues de Sá, com quem teve sete filhos e faleceu já com idade avançada, sendo sepultado na Capela de Nossa Senhora da Conceição, que ele próprio mandara edificar em 1430 (hoje integrada na Igreja anexa ao Convento de Santa Clara no Funchal), num mausoléu que foi demolido em 1768.

barra-divisoria

3- CURIOSIDADES:
~

Sabe que existem ainda na Madeira mais duas estátuas da figura deste navegador e povoador? E que o mesmo figura também no famoso Padrão dos Descobrimentos em Lisboa?
«»

1- No Terreiro da luta

251 033.JPG
Image source> http://funchaleveryday.blogspot.com

Também da autoria de Francisco Franco, datada de 1914.

2- Na Promenade do Lido – Praia Formosa

ptma056-70832.jpg
Image source> http://vanderkrogt.net

Escultura em Pedra e bronze, em Estilo Figurativo, da Autoria de Augusto Cid, datada de 1994.

Colocada na zona da Ponta da Cruz, esta obra do escultor, escritor e cartoonista açoreano Augusto Cid, é uma réplica da escultura do mesmo autor datada de 1995 colocada na Avenida Gonçalves Zarco em Lisboa.


«»

3- João Gonçalves Zarco está ainda representado em Belém, no Padrão dos Descobrimentos.

Padrao_Descobrimentos_02.jpg
Image source> http://www.bestguide.pt

João_Gonçalves_Zarco_-_Padrão_dos_Descobrimentos.png
Pormenor do Padrão
Image source> https://mwl.m.wikipedia.org/


Signature-Isabel (1).gif
Gif signature designed by @aleister

Créditos: separadores de texto da autoria de @leodelara

  • this post was written in Portuguese. Consider using Google Translate or other online translator to help you with translation.


«»

Vota no projecto @dsound como Steem witness

vM1pGHgNcyCXUWJECrZbvn1NMPj1oFGUo3gYfF3NNPRD9XCkv4TuwsfpE6iVKiDeHnZA6kHyAxWXHuLZX6LBX3nbeJN7DwqgYV23sSeP3hvjB4GakUwMdV6g3aDqyRDbBF4gA85.gif
~

«»
Conheça o STEMITPORTUGAL

yyfyq7exjf.png

«»


![]

Sort:  

This story was recommended by Steeve to its users and upvoted by one or more of them.

Check @steeveapp to learn more about Steeve, an AI-powered Steem interface.

Obrigada steeve!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Extraordinário! Que belo "tropeção" no casal hein? Gerou frutos de reflexão, pesquisa e um compromisso de prestar mais atenção aos caminhos que se faziam de forma automática. Isso, além de tudo, faz MUITO BEM pro cérebro!

Também concluímos que até mesmo as histórias mais malucas inventadas por brincalhões, podem contribuir para o bem.

Excelente, @isabelpereira! Não tem outra palavra!

E, muito obrigado por compartilhar o resultado da pesquisa sobre um dos descobridores, e, primeiro Capitão Donatário de Funchal!

 

_obs: Essa envolve privacy, então monumento local, no momento não :P Aos poucos vamos andando com isso hein? Aguardar 1 pokin, pessoal acordar do sono profundo haha.

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Seu apoio e incentivo são fundamentais para ter regressado (meio enferrujada mas enfim...) obrigada pela liderança.

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Que isso, obrigado você por me escolher pra ajudar um pokin!!

Hmmm... @casberp a parte final (obs.)não entendi bem. :D

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

É porque envolve "minha cidade" :D

Thanks for using eSteem!
Your post has been voted as a part of eSteem encouragement program. Keep up the good work! Install Android, iOS Mobile app or Windows, Mac, Linux Surfer app, if you haven't already!
Learn more: https://esteem.app
Join our discord: https://discord.gg/8eHupPq

Obrigada eSteem!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

Hi, @isabelpereira!

You just got a 0.26% upvote from SteemPlus!
To get higher upvotes, earn more SteemPlus Points (SPP). On your Steemit wallet, check your SPP balance and click on "How to earn SPP?" to find out all the ways to earn.
If you're not using SteemPlus yet, please check our last posts in here to see the many ways in which SteemPlus can improve your Steem experience on Steemit and Busy.

Obrigada steem-plus. :P

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface