Pornografia uma reflexão. (+18)

in writing •  last year  (edited)

Finalmente eu consegui encontrar o documentário que estava para assistir faz tempo na netflix se você esta interessada (o) melhor evitar ler isso pois tem spoiler o nome é Hot girls wanted ele inicia com uma garota, e seu agente indo buscar uma amiga que esta chegando na cidade logo se descobre que as duas são atrizes porno em inicio de carreira então começa uma narração que explica que cada vez mais garotas jovens entram para a pornografia motivadas ate pelas suas divas que também ja intencionalmente ou não tiraram proveito de sua sexualidade para ganhar dinheiro, e fama uma das citadas por exemplo Kim Kardashian, e aparece também Niki Ninaj.
Agora uma pergunta essas garotas sabem onde estão entrando? Elas sabem que tipo de diva querem ser? Elas tem noção do caminho a se percorrer?
charles-deluvio-695727-unsplash.jpg
Photo by Charles Deluvio 🇵🇭🇨🇦 on Unsplash

Inicialmente as respostas para essas duas perguntas parecem ser sim, e vem todo um dialogo empoderado de como elas se sentem livres, como elas se divertem e se aventuram pelo mundo viajando, andado em carros caros, indo a festas alucinantes faz a realidade da industria pornográfica americana parecer realmente um emprego legal para uma jovem de 18 anos.
A realidade começa a bater a porta quando uma das garotas volta para a casa dos pais para contar sobre seu emprego e ao fazer isso sua mãe a questiona se ela se previne para não engravidar a garota responde sem olhar diretamente para a mãe que ela faz teste anti DST's toda a semana mas isso não acalma a mãe visivelmente preocupada não só com a saúde intima mas com o risco de um gravidez não planejada.
Aparentemente pelo que eu ja li por ai os direitos das atrizes pornos americanas meio que não existem elas ficam a mercê das exigências da industria pornográfica sem amparo psicológico ou mesmo de saúde ja que no documentário a garota chega a admitir que as vezes mesmo elas não querendo acontece de ejacularem nelas.
As cenas que seguem aumentam essa sensação de insegurança e reprovação quando uma outra garota aparentemente latina começa a contar o primeiro filme degradante que fez isso nas palavras dela enquanto ela relata aparecem umas poucas cenas do tal filme cheias de ofensas (racistas e xenofóbicas), e claro potencialmente violentas. Essa discussão segue para todas cada uma tem um caso para contar tem a garota que foi contratada para fazer uma cena de oral e acabou se sentindo estuprada porque a produção se resumia a um cara, uma câmera, e um tripé e na verdade a cena era de um oral forçado, outra que aparece em um hospital fazendo um tratamento para um problema de saúde intima causado por excesso de sexo.
Mas o que finaliza a ideia que talvez essa industria não seja la um local tão saudável de se trabalhar e o fato da mesma garota de aparência latina explicar que elas não estão la pelo prazer (obvio que não), e que no fim elas são pagas e é isso que importa, e enquanto uma mostra uma tomada de um filme que fez ela responde que esta está maravilhosa na cena e mesmo com todo o contexto violento e degradante ela diz que é para isso que são pagas para representar coisas que não são só fantasias mas realidades em relacionamentos a pergunta que fica é: Será?
Erika Lust ja disse que a pornografia mainstream não é só um passa tempo ela tem teor de educação sexual os jovens veem isso aos montes na internet e acham que é assim que é o prazer. Mulheres cada vez mais falam contra os filmes pornográficos e apontam que muitas das coisas não representam prazer para elas mas a pornografia segue sendo divulgada. Mesmo sendo um ambiente de trabalho de risco a saúde ou mesmo sendo um ambiente de trabalho de poucos direitos e cuidados principalmente com as atrizes mulheres.
Porque ela sobrevive? Porque nossos amigos homens e algumas mulheres continuam a alimentar essa industria?
Casos como o suicídio de tres atrizes acabam trazendo a tona verdades escuras sobre o como elas são tratadas com descaso quando em depressão nada existe para lhes assegurar paz de espirito seus problemas são automaticamente associados a profissão e elas acabam não recebendo a atenção medica que merecem. Porque isso acontece?
Historias de competitividade gigantesca, injusta e ate desumana aonde atrizes jovens podem trabalhar com homens em 3 meses de inicio de carreira e simplesmente são chutadas para fora da industria, a exigência cada vez maior por garotas que aparentem mais jovens. Porque a industria segue trabalhando nesse modus operandi injusto? Será que porque seu consumidor nem se importa? Uma vez que grande parte do material difundido por ai é uma pedofilia velada (mesmo que a atriz tenha 18 anos) no documentario o produtor das garotas aparece dizendo "estou conversando com uma garota de 18 só que ela tem cara de 15 e peitos enormes".
Se alguém ve potencial nisso é porque existe consumo mas porque consumir isto? Quem é o tipo de homem que consome isso? Ele tem filhas? Pretende ter? O que pensa das mulheres, e como as trata?
No fim do documentário as garotas são substituídas por novas e assim segue a vida.
Beijos
Mariana Pitteri

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Bah esse documentário é bem pesado mesmo. Por muito tempo depois dele eu não podia suportar nada relacionado a pornografia, causa uma sensação muito ruim.

Mas acho que o mercado como um todo não é tão ruim como o documentário mostra. O documentário tenta mostrar apenas a pior parte. Imagino que o mercado convencional seja sim essa pressão e depressão, mas não é tudo.

Pornografia amadora tem ganhado muito espaço e muitos sites pagam no mesmo formato do YouTube, onde pessoas ou casais fazem seus próprios vídeos e submetem, seguindo suas próprias regras e rotinas.

Mas é bem interessante sim entender, principalmente que não é toda a maravilha que tentam vender.

Bom post, abraço.

Pela idade que elas tem fica difícil mesmo, pois na minha opinião, ainda nem sequer tem maturidade suficiente para decidir, elas são meio que seduzidas e acabam entrando em uma furada. E olha que faltou a pior parte, que é quando as garotas são escravizadas contra a sua vontade e além de serem usadas como escravas sexuais, acabam atuando também na indústria pornográfica .
Ptgram