Caderno de Poesias - 19 - #TROVADORES

in #trovadores3 years ago

Essa é uma das minhas poesias preferidas do caderno, que cheguei até a usar em uma cena que fiz na faculdade. Espero que vocês gostem!



Fonte Pixabay

Verso Livre

Se é humano é errado
Sentimento acabado
Como um rio que cai no lago
Sentimento deixado de lado
Quando acaba é que nos abrimos
E ficamos em ruinas
Mesmo assim nós fugimos
Passando sempre por cima
Um poema sem rima
O amor de uma menina
Os lábios não se encontram
E o momento dura pouco
Deixamos as palavras
Iludir os corações
Vivendo nossa vida
Sem memória ou depois
O sentimento que expresso
É mal entendido
Vira motivo de gloria
E não de voltar comigo
Esfregam na minha cara
O ódio dos vilões
Brincam com minha mente
E com minhas emoções
O mundo não entende
Não quer ver a verdade
Converte a realidade
E vive em plena sanidade
A lucides dos loucos
A morte vem aos poucos
A proteção do seu carro
Metal frio do diabo
É muito engraçado
A lei ter virado
A verdade universal
O padrão natural
A força colossal
No reino animal
E o único racional
Sempre chega ao final
Olha pra trás
E fala "um pouco mais"
Aqui seu corpo jáz
Tudo que lhe resta
É essa sepultura de pedra
Como seu coração era

F.F. 10/10/2000


Sort:  

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Seus versos soam como um epitáfio, em versos livres.
Parabéns pela inspiração @fireguardian!

Muita gratidão querida!!!

Cara, muito boa essa! Os versos fluem criando sonoridades que nos transporta diretamente ao teu sentimento. Parabéns.

ptgram power

Gratidão meu amigo!
Sim, essa é das que eu mais gosto desse caderno, acho que tem uma sonoridade top!