Sobre ter nascido e crescido entre mudanças tecnológicas #1 - TV's, Cinema e suas variantes [reflexão]

in pt •  6 months ago

Esses últimos dias estiveram corridos e apesar de não ter postado por aqui, refleti muito e alguns temas me vieram a cabeça, e nos deslocamentos por São Paulo fui escrevendo alguns rascunhos sobre esses temas, e um deles é o quanto a tecnologia e consequentemente a sociedade mudou em várias áreas durante o pouco tempo de vida que tive até agora.

Cresci vendo a mudança dos tipos de tv's, de como se ouvia e se ouve músicas, como comunicamos a distância, como nos relacionamos com outras pessoas, entre outras coisas. Resolvi fazer uma série de posts de tamanho médio para falar dessas mudanças que vi e usufrui.

TV, DVD, Netflix e afins.

Em casa não tinha tv, só assistia esporadicamente na casa de parentes. Peguei uma fase de transição das tv's. Morador de periferia, a maoria das tv's que vi no início da minha vida eram preto e branco, e essas ainda eram simples na maioria dos casos, na casa da minha vó materna por exemplo, o que existia era uma TV/rádio preto e branco de umas 7 polegadas.


**Fonte da imagem- TV preto e branco com rádio - Similar a que citei)

Na casa de uma tia avó até praticamente a morte dela, a TV era uma TV de tubo, armação de madeira, quase um móvel em si mesma, com um seletor de canais complicado, resistente e obscuro. TV colorida era coisa de quem tinha dinheiro.


Fonte da imagem Televisão antiga transformada em uma aquário.

Ver a troca desse tipo de TV para as TV's coloridas(em grande maioria de 20 polegadas e tela concava) foi interessante, ora vejam só, as TV'S tinham até controle remoto!! Que ficava na mão dos adultos e dos primos mais velhos, mas pelo menos não tinha mais que levantar das cobertas para mudar!! Tecnologia de japonês!! Semp Toshiba!!(Depois descobri que não é bem assim, mas era assim).


Fonte da imagemTV de 20 polegadas, tela concava com antena

Por essa época também não podia faltar o aparelho de vhs e as locadoras onde se alugavam muitos filmes, principalmente nos fim de semana nas promoções de pague 2 leve 3, e não podia esquecer de rebobinar as fitas!!

**Fonte da imagem

Não me esqueço também das antenas que viviam ficando fora do lugar e tínhamos que sintonizar até que os chuviscos parassem, curioso mesmo era quando a antena externa, espinha de peixe era afetada pelo vento ou pipas enganchados nelas e precisavam de serem configuradas com alguém subindo no telhado enquanto o pessoal embaixo ficava ditando as ações que deveriam serem tomadas "Mexe um pouco mais, para, para, volta, isso, isso, não, pronto! Agora ficou bom!!"


Fonte da imagem Antenas espinha de peixe, assassinas de pipas e destruidoras de linhas

Depois lá em 2004, 2005, apareceram as tvs de tela plana(ainda eram de tubo), 29 polegadas e além! Junto com elas veio o boom da gato net, muitos canais a disposição, até que saíram acabando com todas as centrais e meio que ficou um vácuo, que foi tomado em 2006, 2007 pelos dvd's piratas que eram muito mais baratos do que alugar um filme, com lojinhas que substituíram as locadoras, e de certa forma proporcionou que muitas pessoas que não podiam ver os filmes no cinema, assistissem logo após os lançamentos. Por incrível que pareça as lojinhas ainda existem pelas periferias de São Paulo, mesmo com o outro avanço seguinte da indústria do entretenimento!


**Fonte da Imagem - TV 29 polegadas tela plana, um luxo!)

Filmes piratas na internet! Antes da Netflix se popularizar nas casas das periferias, existiu o Mega Filmes HD e suas variantes!! As televisões smart ainda não existiam(para nós da periferia) em 2009, 2010, mas quase todo mundo tinha um pc da positivo(falarei mais sobre isso na parte do pc) e uma internet da gato net(tv + internet) e como o dinheiro da net atrapalhava a compra dos dvds, o que sobrou foi descobrir sites que exibiam filmes! O Mega Filmes HD foi um dos mais famosos, com seus "donos" indo presos e tudo mais.


Fonte da imagem O famigerado Mega filmes HD

Logo em seguida em 2014, as tvs de lcd e smart tv começaram a se popularizar, a Netflix se expandiu com o seu primeiro mês grátis, e agora nos últimos anos tem surgido cada vez mais outras alternativas nessa área, e as pessoas estão cada vez mais dependentes desses canais. Existem ainda algumas versões piratas, porém é raro conhecer alguém que não tenha um acesso a Netflix, nem que seja de outra pessoa!!

Tem quem queira falar de torrent, mas falando sinceramente, torrent nas periferias era uma coisa mais para jogos e músicas, e animes, nichos mais de adolescentes ou de adultos que curtiam e curtem tecnologia. Conheci poucas pessoas que baixaram filmes por torrent, até porque exigia um pouco mais de conhecimento e interesse na pesquisa por torrents seguros, legendas, etc. Era muito mais fácil comprar 5 dvds e ganhar um!! Falando de Brasil, os torrents tem se tornado uma área cada vez mais obscura para os jovens da atualidade( no meu tempo era tudo mato!).

Tornando a falar do "hardware" das TV's, cada vez mais tem surgido inovações na área, com 4k, e agora a realidade virtual/aumentada. Talvez nos próximos anos a tela física será algo inexistente, e as pessoas usarão óculos, ou aparecerão tecnologias de projeção ou algo como as paredes tv's do Fahrenheit 451.

Ter visto tudo isso, todas essas mudanças, do preto e branco para o colorido chuviscado, depois a qualidade HD e Full Hd e a espantosa qualidade 4k(que mostra mais detalhes do que nossos olhos enxergam normalmente) é algo muito interessante na minha opinião, e mudou muita coisa na forma com encaro o mundo, imagina para quem nasceu bem antes de mim...

Falando de cinema as mudanças não foram tão radicais, com exceção da qualidade de imagem, do maldito costume de todo filme ser em 3d, a extinção gradual e contínua de salas com filmes legendados, e o preço que cada vez sobe mais. Ainda assim cinema sempre foi uma coisa rara, e só fui ver um filme em um quando tinha 15 anos em um shopping que inauguraram mais no extremo da Sul onde morava chamado de Shopping Campo Limpo.

Cinema nas periferias também meio que sempre foi coisa de jovem, pois por n motivos, muitos dos adultos que conheço a maioria vai uma vez por ano a um cinema e olhe lá.

Ainda tem muita gente que não tem acesso a salas de cinema, nem a tv's tela fina, nem a netflix e outros avanços nessa área. Porém apesar dos retrocessos de uns anos para cá, aos poucos e com o trabalho de alguns coletivos e a popularização das tecnologias, as coisas tem acontecido!! Espero que um dia todo mundo possa ter acesso a essas tecnologias e a outras que falarei nos próximos posts!!!

E você? Quais são as suas lembranças nessa área? Assistiu muito vhs ou dvd?? Compartilhe suas vivências conosco!!!

Se você gostou desse post, dê um upvote, um resteem!! Se tiver alguma dúvida, critica construtiva, ou sugestão, comente abaixo, estamos aqui para aprender e melhorar!! Grato pela atenção e até!!!

This post was written in Portuguese. Consider using Google Translate or other online translator to help you with translation.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Nó!!! Eita lá lá neste post seu, hein... Que viagem no tempo! Peguei isso tudo.

Quando eu era criança, já tínhamos tv colorida em casa (pai louco por tecnologia e conhecedor) mas o meu vizinho, não. Os pais colocavam um acrílico azul ou vermelho na frente da tela... era estranhíssimo pq eu não conseguia ver nada com nitidez.

O meu primeiro vídeo-cassete, eu comprei por consórcio hauahauahau Nunca loquei muito vídeo porque eu tinha uma preguiça sem tamanho de ler todas as sinopses pra escolher (já era meio chata... americanada enlatada nunca me seduziu). Cinema, não curtia muito (hoje continuo não curtindo: detesto barulho de canudinho, pipoca e embalagens) e o meu primeiro filme visto numa sala foi Robocop (eu e a turma ficamos lá dentro as 3 sessões por pura "fomiagem" heheheh).

E fico por aqui... Grande abraço,


projeto #ptgram power

·

Puts, essa da capa eu lembro de ter na casa da minha vó, mas durou pouco, atrapalhava a mudar o canal nas briga por controlar a tv, e mais ainda quando o controle quebrou :p
Sobre cinema nunca reparei muito no barulho, até porque até um certo ponto eu mesmo faço huashuashuashuashuashuashuashuashuashuashuashuas e os cinemas que fui no inicio eram pura zona, então meio que acostumei.
O mais interessante ver todas essas mudanças é que tem muita molecada que tem tudo e ainda assim não valoriza, e também tem muita gente que não tem nada ainda, as vezes na mesma rua, muito louco isso.
Enfim, grato por ter compartilhado seu relato conosco!! :)

·
·

E, como sempre, tecnologia vira sinônimo de status. Digo isto porque vejo trocentas gentes que mal abrem o PC p escrever um word da vida e mas um Mac (nada contra, mas já se nota que não é pelas funcionalidades do coiso, né?) Outros, com tv de trocentas polegadas numa salina pequenininha . Enfim, só disperdícios e, como bem lembrou, o vizinho não tem nem os equipamentos "pau veio" de antigamente. Contrastes!!!

Sobre o cinema, eu reparo em tudo e, além disso, eu tenho de sentar em determinados lugares pq eu passo mal, fico enjoada. Já saquei que nunca na vida vamos partilhar uma idinha ao cinema hauahauhauahau

Grande abraço e obrigada pela boa prosa de sempre,

·
·
·

A maioria dos filmes que vou são barulhentos, tiro, porrada e bomba, então barulho é o de menos huashuashuashuas de nada :) abraço!

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

É man, eu peguei toda essa mudança aí. Eu acho que finalmente chegamos na época onde pagar pelo serviço está saindo mais barato que usar o pirata. Eu usava um gato aqui na minha casa que vivia caindo o sinal da tv, vira e meche tinha que trocar a provedora. Coloquei Netflix e acabou o problema por VINTÃO por mês.

Outra coisa que mudou muito, eu uso spotify, e como lá tem tudo eu criei preguiça de procurar mp3 na internte, então basicamente hoje em dia eu gasto R$ 35 conto ao mês e ganho muito tempo que eu perderia procurando filme e musica na internet.

Acho que estamos na melhor época para consumo de musicas , programas de TV e Filmes

Abraço


projeto #ptgram power | faça parte | grupo steemit brasil

·

Muita gente pegou, apesar dos mais velhos não acreditarem as vezes :p, mas pouca gente tem consciência disso, quem tem mais consciência é quem está envolvido de alguma forma com tecnologia, já conversei com amigos sobre isso e eles ficaram "é mesmo, nunca tinha parado para refletir" e teve os que sempre tiveram tudo no mais alto nível tecnológico sempre (videogames, tvs, celulares, etc).

Sobre o consumo, por um lado acredito que facilitou muito sim, por outro acredito que algumas coisas meio que nos engessam, se o filme não tem na netflix, ou no hulu, etc., ou se não tem a música no spotify, muita gente não sabe como encontrar... acredito que a internet vai bem mais além do que essas empresas, e é bom entender como isso funciona... enfim, talvez essa crença seja só minha mesmo e a tendência é as pessoas cada vez mais ficarem só nisso mesmo :) fazer o quê?

Grato pelo comentário e atenção!!

Adorei. Nostálgica que sou hahahah
Passei por algumas dessas. Mas não cheguei a ver a tv em preto e branco.
Lembro muito vagamente do meu pai comprando uma vitrola eu devia ter entre 3 e 4 anos.

·

Eita, vitrola eu não lembro de ter visto, mas uns tocadisco sim :p apesar que os lps voltaram a ser moda por agora né, televisão preto e branco ainda não voltou :D Grato pelo comentário!!

·
·

Podia ser tocadiscos. minha mãe chama tudo de vitrola, até os rádios hoje em dia hahaha.

Nossa... muita coisa aconteceu né?! Não sei de tudo isso pq sou novinha kkkkkk Lembro de assistir a novela e ter que ficar movendo a antena. E meu primeiro celular? Da Nec!!! Parecia um tijolo. Acho que tivemos sorte de poder acompanhar tanto avanço tecnológico. Muito legal seu post😉

·

Sim, aconteceu muita coisa. E você deve ter quanto? Uns 25, 26? Quase a minha idade pô :p
Pretendo falar de telefonia/comunicação também. E realmente tivemos sorte, e serve as vezes para nos acalmarmos quando paramos para refletir que o que achamos lento hoje era mais lento "ontem". Grato pelo comentário!!

Eu ia na locadora toda semana!! Era viciada, e mesmo que tivesse que caminhar um montão - devia ser há uns 2 km da minha casa - eu não deixava de ir hahahhah

Ontem mesmo tava falando desse tema com alguém. Nossa geração viveu uma transição tremenda como você descreveu. E curioso que nossos pais costumavam pensar que éramos gênios por saber mexer nas novas tecnologias... os millenials!

·

Eita, aposto que deve ter visto muitos filmes, eu via de vez em quando e olhe lá, geralmente quem escolhia era os adultos, e quase sempre eram filmes de terror ou suspense... e realmente nós passamos por muitas coisas, e aprendemos com elas, acredito que todo mundo pode aprender, mas tem muita gente que estagna, até porque tem certas mudanças que são muito rápidas ou só chegam ao grupo geral muito tarde.
Quando resolvi deixar de ser velhinho e usar o snapchat por exemplo, ele já estava ultrapassado :p
Enfim, ainda tem muita coisa ainda por vir por aí, quem viver verá!! Grato pelo comentário!!