Altered Carbon, a imortalidade através de cópias e para quem isso serve? - Parte I [resenha/reflexão]

in pt •  7 months ago


Fonte da imagem
Antes de escrever sobre, até tentei procurar por aqui se alguém tinha escrito algo, mas não achei nada.

Para quem não sabe, Altered Carbon é uma série da Netflix lançada no inicio desse ano com a estréia no dia 2 de fevereiro, tendo até o momento disponível a primeira temporada contendo 10 episódios.

A série de ficção científica foi criada por Laeta Kalogridis e é baseada em um livro que tem o mesmo nome do autor Richard K. Morgan.

A história da série ocorre em um provável futuro situado no ano 2384. Nesse futuro, a personalidade e as memórias de uma pessoa são digitalizadas e armazenadas em discos compostos de uma tecnologia híbrida e com provável origem alienígena que são implantados na coluna cervical na região da cabeça(mais especificamente na conexão entre o pescoço e o tronco). Essa tecnologia não é muito abordada porém se sabe que ela foi criada um pouco depois do inicio das explorações espaciaos.

Essa tecnologia foi produzida em massa e esses discos possibilitam a transferência da "pessoa" para outros corpos, chamados de capas ou luvas. Quando uma pessoa nasce ela tem a opção de transferir sua personalidade para um disco, podendo caso tenha recursos, escolher outros corpos. Em tese qualquer corpo aceita qualquer disco, o que torna os corpos adaptáveis e descartáveis.

A trama foca-se na história de Takeshi Kovacs, um ex-mercenário e ex-revolucionário que ficou preso em um limbo durante 250 anos após a destruição da sua última capa e é recolocado em um "novo" corpo, representado de forma até que boa pelo ator Joel Kinnaman para resolver o mistério da "morte" de um Matusa(referência a Matusalém, um homem referenciado na bíblia como o homem mais velho, tendo vivido mais de 900 anos...), Matusas são pessoas podres de ricas que por terem muitos recursos "vivem" há séculos, o que faz com que fiquem mais ricos.

Takeshi é retirado da prisão logo após o período de adaptação a capa, que acontece de forma rápida e eficiente devido ao seu passado, por uma mulher, que contextualiza ele sobre os Matusas, e que posteriormente ele descobre ser a policial Kristin Ortega interpretada pela atriz Martha Higareda, policial que investiga o caso que Takeshi irá assumir.


A detetive Kristin Ortega

Ao conversar com o matusa que se chama Laurens Bancroft
interpretado pelo ator James Purefoy, Takeshi descobre que tem a opção de passar o resto do tempo na prisão por seus crimes ou ajudar a resolver o assassinato de um dos homens mais ricos nos mundos colonizados, recebendo indulto e outras grandes recompensas por isso .

Takeshi foi contratado por ser um Envoy, o único soldado sobrevivente de um grupo de revolucionários considerados de elite que se dedicaram a lutar contra a nova ordem mundial 250 anos antes, tendo habilidades dedutivas e intuitivas melhores do que qualquer pessoa, entre outras habilidades.

A partir daí acontece um monte de coisa, contextualização dos passados de Takeshi, a aparência de suas capas anteriores, a história da "capa" que ele usa no presente, surgimento de novos aliados, uma pincelada de outras tecnologias e "vantagens" do futuro, etc., não vou entrar especificamente em detalhes, para não dar spoiler.

A série tem uma boa fotografia, que em muitos momentos é bonita, combina elementos de Matrix, Blade Runner e outras produções, e apesar de alguns furos no roteiro, é interessante, principalmente por abordar de forma direta e indireta certos temas complexos, o que traz várias reflexões.

Uma dessas reflexões é que o fato de ser possível mudar de corpo, faz com que os corpos sejam descartáveis, o que torna também de certa forma descartáveis as pessoas, principalmente as que não tem muitos recursos. A forma como a série demonstra isso faz com que até certos momentos, como momentos de nudez, pareçam simples e superficiais, pois não há exatamente um apego com as capas.


O provável corpo original de Takeshi, (Will Yun Lee), e a capa que ele usa no presente(Joel Kinnaman).

Isso é algo muito interessante que pretendo abordar novamente, mas queria deixar já ressaltado aqui nessa primeira parte.

Pretendo dissertar mais pouco sobre algumas das reflexões que a série traz, porém, para evitar que o post fique enorme irei dividir esse tema em outros posts que farei nos próximos dias!!

De momento fica a recomendação para se assistir a série, espero que caso assista goste.

Você já assistiu a série? O que achou? Compartilhe conosco a sua opinião!!

Se você gostou desse post, dê um upvote, um resteem caso tenha alguma crítica construtiva, dúvida ou sugestão, comente aí, estamos aqui para aprender e melhorar!! Até!!!

This post was written in Portuguese. Consider using Google Translate or other online translator to help you with translation.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Excelente review está na minha lista do Netflix para assim que eu acabar outro que estou assistindo começar eu gosto muito de ficção científica então é totalmente a minha praia.

·

Que bom que curtiu a resenha!! Espero que curta a série também!!

Beautiful post

·

Thanks!!

·

O seu lugar de Compra e Venda de Bitcoins!
Negociando seus ativos digitais na nossa plataforma você estará operando no ambiente mais seguro e estável disponível hoje no mercado nacional.

https://goo.gl/9UCPqi ----- WEBSITE
Excuse me for advertising. It is necessary to earn. I'll try to stop soon. :)

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Beautiful post

Bom post!! Eu fiquei com vontade de ler o livro... tenho a sensação de que poderá ser muito bom mesmo.

Na série achei a premissa (vinda do livro) fantástica. Boa história que também entra em altos níveis filosóficos. à la Matrix (achei a fotografia do Matrix bastante superior porém)

Mas achei que podia estar melhor, um pouco mais de cuidado e tempo para os ep. serem feitos... principalmente nos cenários... na representação.

Eu fiquei com desejo que alguém faça uma trilogia de filmes, com maior orçamento, pois a história merece.

Uma série que merece um remake, a meu ver.

·

Sim, ficou bem corrido, e se formos comparar as épocas a fotografia de Matrix realmente é melhor, inclusive nos efeitos. Quem sabe no futuro exploram melhor o universo dessa série que é bem interessante, uma coisa que ficou faltando foi uma explicação maior sobre a tecnologia dos discos.
Grato pelo comentário!!

Legal Paulo, to pra começar a assistir essa serie.
Já esta na minha lista.

·

Opa, espero que curta!! Grato pelo comentário!!

Tá na lista de séries pra assistir :D

·

Espero que caso assista goste!! Grato pelo comentário!!

Cara essa serie me lembra muito de um filme (nao lembro o titulo agora) onde as pessoas sao clonadas para serem doadores de orgaos para as pessoas 'originais' ... ou entao para fazer como vc disse: implantar memorias nas cabecas dos clones...


projeto #ptgram power | faça parte | grupo steemit brasil

·

Caso consiga lembrar, compartilha aí com a gente!! Grato pelo comentário!!