Auto-Eros-Tismo: Para além do príncipio do narcisismo de Freud, ou o autismo de Bleuler...

in pt •  last month

Para algumas pessoas, escrever ajuda organizar o a dimensão do Imaginário localizada na estrutura do pensamento. Ajuda encontrar significados para significantes angustiantes que a consciência não quer deixar encontrar.

A resistência se impõe, mas com esforço, as livres associações nos levam ao caminho, e com apoio encontramos uma direção. Uma direção que não é fácil, é difícil, mas é preciso suportar, é preciso seguir em frente. Se o Real por si faz barreira, ele se encontra despedaçado no tempo pós moderno do Imaginário, da imagem, da imaginação.

456xp5rhxs.jpg
Fonte: Pixabay

Reflexão

Podemos procurar culpados, julgar pela nossa moral é simples, rápido e satisfatório. Também podemos colocar a culpa em vídeo games, nos pais, no país, na política, na escola, ou qualquer outro alvo que satisfaça nossa mente.

Mas não muda o que está anunciado em todas as escolas de saúde mental pelo mundo, vivemos uma pandemia de sofrimento mental.

O que fazer? Como abordar? Como intervir? Há como intervir? Quais maiores fatores de risco? Quais dados mais fidedignos? Há tempo para pesquisar?estrutura? Investimento satisfatório? Existem formas de prevenção? O que aconteceu?

Será que tem alguma medicação que irá dar conta do caos social que vivemos? A pílula da cura?

São muitas questões. Muitos caminhos a buscar compreender, a trabalhar, a pesquisar, a estudar e utilizar do conhecimento que dispomos nas diferentes áreas do saber.

Porém quem fará isso? Os planos de saúde? A indústria farmacêutica? A ciência dos números isolada do social?

Também nāo tenho respostas. Contudo, uma resposta posso lhes dar: o SUS é um instrumento, ou ao menos seria, se a saúde fosse compreendida como um ideal coletivo, uma ferramenta social, como agente de mudança, como investimento, como um bem público. Nada contra o bem privado, podem coexistir bem públicos e bem privados.

Compre essa ideia de um futuro para nossa sociedade, invista em proteger os direitos de acesso público e universal a saúde para todos, invista em pesquisas, em dados com contexto humano real, invista no ideal do SUS e nas instituições de ensino públicas. É investir no ideal civilizatório.

Uma rede que deveria ser descentralizada, territorializada, e de amplo acesso. E que estava caminhando nesse sentido aos trancos e barrancos. Até ser considerada um custo, diminuem o investimento agora, para aumentar o custo no curto, médio e longo prazo futuro. Custo em saúde, custo em segurança, custo financeiro. Claro, custo na perspectiva social. Na comercial é lucro, muito lucro, para lá dos bilhões.

Retorna a época da quantidade, não da qualidade. O maestro é o jogo especulativo, a guerra dos câmbios, as proteções do mercado futuro e de opções como seguros, um mercado de muitas oportunidades, para poucos.

Talvez alguns fatores desse caos é ter como prioridade uma justiça extremamente positiva e a "profissão" política, e não saúde e educação. Joga-se a polícia em uma zona de guerra com a própria população, perpetuando essa zona, que não tem vitoriosos. Na guerra de insurgência só sobra a cultura de violência, dor e morte.

Ainda temos a submissão das mais diversas instituições públicas ao jogo político.

Voltando a economia, não consigo entender como que investir em improdutividade humana, na lógica do mercado, é um bom investimento. Talvez seja na lógica da inteligência artificial que não utiliza animais biológicos humanos, ainda tem muito por vir dessa tecnologia, e será que vai se restringir a servir a quais ideais?

No tempo das tecnologias esquecemos que somos iguais, mas todos temos conhecimentos diferentes, que deveriam se somar. E acontece o contrário, só nos afastam. Um saber coletivo é colaborativo, como foi construída a internet, esse tecido de informações que nos conecta de ponta a ponta, e aqui nesse hipertexto em projeções prazerosas de pixels.

Pelo que vivencio, mesmo em vigência desse quadro alarmante, anunciado há anos e anos. A coesão social não vem sendo uma preocupação da sociedade, nem do Estado, tampouco das empresas.

Não vem sendo uma preocupação de muitos seres humanos que formam o coletivo que vivemos. E todos, todos nós pagamos as contas, nos mais diversos impostos que pagamos, para um teatro político ineficaz e cruel.

Aquém da preocupação das contas, das má condições de trabalho, do acúmulo de funções, da incompreensão das doenças mentais, da falta de oportunidades, de empatia e altruísmo.

A preocupação é com armas, com os excessos de conforto e prazer. Em busca resoluções rápidas, simplistas e imediatistas. Todo mundo tem a resposta de tudo, mesmo sem saber qual é a pergunta que temos que fazer.

Não são só os partidos, a maioria das representações políticas ao longo dos anos não conversam com as áreas técnicas, e as áreas técnicas também não conversam entre si. E nós(que representávamos um suposto saber, já nem muito suposto na atualidade), não conseguimos conversar com a sociedade, esquecemos que a internet está dada, e que os gadgets estão em todos os lugares, e ainda não sabemos utilizá-los como aliados.

O(s) culpado(s)?

Em minha humilde opinião, somos todos nós.

Mesmo que isso também não mude nada.


Texto autoral original: Facebook


Sponsored ( Powered by dclick )

dclick-imagead

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Parabéns, seu post foi selecionado para o BraZine! Obrigado pela contribuição!
BraZine.png

Thank you so much for participating in the Partiko Delegation Plan Round 1! We really appreciate your support! As part of the delegation benefits, we just gave you a 3.00% upvote! Together, let’s change the world!

Hi @matheusggr!

Your post was upvoted by @steem-ua, new Steem dApp, using UserAuthority for algorithmic post curation!
Your UA account score is currently 3.504 which ranks you at #6630 across all Steem accounts.
Your rank has dropped 6 places in the last three days (old rank 6624).

In our last Algorithmic Curation Round, consisting of 217 contributions, your post is ranked at #53.

Evaluation of your UA score:
  • You're on the right track, try to gather more followers.
  • The readers like your work!
  • Great user engagement! You rock!

Feel free to join our @steem-ua Discord server

This post was upvoted by SteeveBot!

SteeveBot regularly upvotes stories that are appreciated by the community around Steeve, an AI-powered Steem interface.