[Crônica]: Eu, Mim e o Quatro

in pt •  8 months ago

Eu, Mim e o Quatro


Hoje escutei os grilos cantando ao acordar. Na verdade, eu sempre os escuto, mas não sabia que eles falavam. Apurei os ouvidos, fiquei paradinho, ouvindo esse cri-cri interminável, um lamento natural, uma sede incontrolável de sol. Sim, isso mesmo, eles estavam saudando o dia e aguardando a chegada do sol para aquecer sua pele. Espera? Grilos têm pele? Acho que não. Bom, não sei, acho que é uma casca, um esqueletinho que fica do lado de fora e que deve ficar bem quentinho quando pega sol, viu?

Parei tudo e fiquei ali, escutando o grilo chamar o sol. O tempo foi passando, passando, e acabou que eu mesmo estavachamando o sol. Não cri-criando como o grilo, mas do meu próprio jeito mesmo. Eu, nessa forma de Mim, chamando o sol. Minha casca, esse órgão que chamamos de pele, queria dar fim ao frio e clamava pelo sol, pela luz, pela estrela maior. Fundi-me com esse som, cri-cri, grilo, eu em Mim e fomos juntos para algum lugar mais calmo. Só nós dois, e o eu em Mim. Éramos Três, e queríamos o Quatro. Queríamos esses Dois mais Dois, esse par que nunca é ímpar, que sempre é união e nunca separação.

Solar-Power.jpg

Fiquei com o grilo, pois ele sabia o que fazer. Esperei; esperamos; os três. Desunidos na tríade esperando pelo Quatro que, de repente, surgiu pálido na minha pele. O eu em Mim sentiu antes a presença do Quatro; o Mim que dava casa ao meu eu só conseguiu perceber a beleza do Quatro quando atingido por um raio. O Quatro se fazia presente! E o grilo? Fugira para a sombra de uma frondosa árvore. O eu dele sentira muito, mas muito antes que o Quatro estava para chegar e ele desejava vê-lo aparecer entre as folhagens. Ele era apenas o meu guia na busca do Quatro. Eu, por mim, ou o meu Mim comigo, queria tudo, e me descobri tão pleno, mesmo em tríade novamente, que estava completo. Fechei os olhos; Mim também; éramos só nós dois, colados pelo Quatro, e era o suficiente.

Agradeço pelo tempo que me oferecem com a leitura. O tempo dispensado a um ser é o melhor presente que se pode oferecer a outro ser. Sonhem todos os dias e sejam felizes, vibrando em harmonia e esperança, sempre no caminho do meio. É o que desejo a todo momento a cada ser vivente!

Abraços, @manandezo
Publicação de 12 de janeiro de 2018

Imagem: 1.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Parabéns, seu post foi votado e compartilhado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

·

Meu muito obrigado, querido @casagrande! =)

Que texto lindo, Mano!

·

Obrigado, Mana! Hoje, estou bastante "meditabundo". Chove muito aqui agora, mas acho que vou dar uma volta na avenida para ver o povo do lado de fora. Quem sabe não paro em algum lugar para fazer um lanche!

Beijos xerosos! =)

Que texto gostoso de ler!!!!! @claudiasartiyoga lembrei de você, vê se não parece os seus trava-línguas poéticos e seu gosto pelo sol hehehe

·

Ah, @barbaralisarti, muito fofa você! Muito obrigado pela visita, comentário e, ainda, indicação para querida @claudiasartiyoga!

Abraços, paz e bem! =)

Oi @manandezo, tudo bem? Valeu pela sua trindade! Abços! (;

·

Caramba, onde andava você, querido amigo @lordemau? Que a Trindade esteja sempre colada com o Quarto elemento! =)

Abraços, paz e bem! =)

·
·

As vezes um pouco de vida fora das redes faz bem ao espirito, corpo e alma (ops!... olha a Trindade ai de novo! ehehe!)! Que o Quarto elemento se una a um Quinto, a um Sexto, e a muitos outros elementos! Abraços fraternos @manandezo! (;

·
·
·

Você está mais do que certo, querido amigo @lordemau! Que essa Cola Universal seja o Amor da união entre os seres! Abraços, paz e bem! =)

Obrigada por compartilhar sua crônica, adorei o jogo e o encaixe das palavras... Estou criando coragem para voltar a escrever textos assim. Abraços!

·

Obrigado por lê-la, @caroline.muller! Sim, crie sua coragem e volte a escrever, seja você, seja inteira, seja tudo cheia de luz, paz, amor e felicidade. Faça com que os outros riam de você e com você, chorem com suas palavras, identifiquem-se com seus sentimentos. É minha melhor terapia, acredite!

Abraços carinhosos, paz e bem! =)