Favela

in #phothography3 years ago (edited)

Eu sou carioca com muito orgulho!

Nasci na cidade do Rio de Janeiro, no Méier. Fui criado numa das maiores favelas do Rio. O Complexo do Alemão.

Morar na favela é um desafio diário. Morar na favela é sobreviver e viver em uma fração de segundos. Lá, é muito fácil você se perder na cultura do crime...

Ainda bem que entendi que não é o ambiente que transforma você, mas você transforma o ambiente.

Tirei esta foto há uns 5 anos atrás. Esta é a Favela da Rocinha, a maior favela da América do Sul.

Desses 5 anos pra cá, a violência na Rocinha aumentou em grande escala. E o Rio de Janeiro sangra em cada esquina, em cada casa pode se ouvir o choro de uma mãe que perdeu o seu filho; de um filho que perdeu uma mãe.

A bala perdida num confronto entre policiais e bandidos vai ser encontrada por alguém. A bala perdida não escolhe raça nem escolaridade; não escolhe gênero nem classe social.

Ela simplesmente encontra um ser humano, algum sonhador que vai ter seus sonhos interrompidos, alguém que não tinha nada a ver com isso.

Eu sou carioca com muito orgulho!

Mas o orgulho nunca será maior que a honra, nunca será maior que a dignidade.

Tais virtudes foram roubadas do cidadão carioca. Não pela favela, o lugar não tem culpa de nada, mas pela corrupção dos corações.

Como carioca, sonho em poder passear novamente pela minha terra e cantar como Tom Jobim:

"Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, é aquela menina que vem e que passa..."

Mas hoje, infelizmente, a menina cheia de graça que passava, foi atingida por uma bala perdida.

Sort:  

Bela postagem irmão, ficou muito boa! Merece um resteem!

Valeu meu irmão!

Os meus parabéns pelo post, pela foto, achei que foi escrito com emoção.

Muito obrigado meu amigo, foi escrito sim. E com muita esperança de mudança.

Muito bom post!!! Firmeza!!

Obrigado amigo!