Ele pára de amar

in #life3 years ago (edited)

Você pára de querer, e você não sabe por que você se deixa ser amado. É como abrir a mão e achá-la vazia. E eu não vou saber, de repente, o que as coisas foram.

Ele pára de querer, e é como um alvo no córrego fresco já não extinto sede; como andar no outono nas folhas secas e pisar na folha verde que não deveria ter caído.

Ele pára de amar, e é como o homem cego que ainda diz adeus, chorando, depois que o trem passa; ou como alguém que acorda lembrando de um caminho, mas ele só sabe que eu estou voltando para ele.

Ele pára de amar, como alguém que deixa a porta em uma rua, sem razão, sem saber, e é bom para jogar e bater, e que, quando pegá-lo, ele evapora também.

Ele pára de querer, e é como uma viagem parou na sombra, sem continuar ou retornar; e ele está cortando uma rosa para decorar a mesa, e que o vento desfolishes a flor na lareira.

Ele pára de amar, e é como uma criança que vê seus navios de papel destruídos; ou escrever na areia a data de amanhã e que o mar ser feita com o nome de ontem.

Ele pára de querer, e é como o livro que, mesmo aberto, folha por folha, eu sou meia-leitura, e é como o tipo que foi retirado do dedo, e só assim eu sabia que a pele foi emoldurada.

Ele pára de querer e você não sabe por que você se deixa amar...


Fonte

alfargenisfirma.png

Banner by @alfargenis

Convido-vos a seguir-me em 👍Facebook Instagram Twitter


Todo o material aqui publicado é de origem legítima.


Esta publicação é uma tradução espanhola de uma publicação da minha propriedade. O link deste post você pode começar clicando em aqui


Posted from my blog with SteemPress : http://nayaritvenuti.vornix.blog/2018/10/14/ele-para-de-amar/