Chá com Filosofia #3 - Somos Livres?

in #chafilosofico2 years ago

quebrando-correntes.jpg

link

Ola, amigos da comunidade steemit? Tudo bem? Hoje é dia de tomar chá com filosofia. O que é a liberdade? Somos realmente livres? O que filósofos tem a dizer sobre a liberdade?

Bora lá conversar sobre este assunto.

Chegamos a terceira edição desta série, veja aqui as outras edições:

Chá com Filosofia #1: Encontrando o sentido da vida
Chá com Filosofia #2: Buscando a felicidade
Toda semana você pode ler uma edição do Chá com Filosofia!

lin png.png

Você já perguntou-se o que é a liberdade?

Ser livre significa poder fazer o que queremos. Mas sabemos que não é bem assim, quem não queria voar, não é mesmo?

Podemos? Não, ou pelos menos ainda não.

Para Kant ser livre é ter liberdade para fazer tudo que a lei não proíbe, porque para ele a liberdade está conectada com a propriedade privada e a igualdade, assim, é a livre os homens que obedecem as leis criadas por eles mesmos.

Mas não concordo.

PRIMEIRO - porque ou você é livre ou não, não existe meia liberdade, não que a lei não seja importe, mas é por meio dela que o homem "desistiu" de sua liberdade em troca da segurança garantida pelo Estado, ou pelo menos deveria assim ser.

SEGUNDO - De certo modo é um pensamento muito idealista, totalmente fora da realidade, o povo possuí uma participação mínima na elaboração de leis, não é possível afirmar que o indivíduo cumpre a lei porque quer, mas sim por meio de coerção.

Enquanto o Estado existir o homem não será livre.

Chegamos em um paradoxo!!

lin png.png

Porque antes do Estado existir o homem também não era livre.

Na época pré-Estado, vivíamos no chamado, por Hobbes, de Estado de Natureza, onde na ausência da lei civil imperava a vontade do mais forte em detrimento do mais fraco, em resumo, não existia igualdade, era a guerra de todos contra todos, "o homem é o lobo do homem".

lobo2.jpg

link

Assim, o Estado surge como uma força política para garantir a sobrevivência e perpetuação da espécie, e para isso o homem teve que desistir de parcela de sua liberdade.

Acontece que com o tempo a ganância do ser humano tornou o que era para ser a solução em um mal maior ainda. O Estado tornou-se fonte de opressão e fazendo limitações que não fazem jus ao seu objetivo primordial.

Mais do que isso, a própria natureza humana é limitante, o que muitas vezes pensamos que é nossa vontade na verdade é fruto do nosso psicológico, como sentimentos e emoções, quando levados pelo lado emotivo a razão é menosprezada ao tomar uma decisão. Somos escravos de nós mesmos

Em resumo, para terminar, o caminho da liberdade é a diminuição da interferência do Estado na vida particular do cidadão, mas sua inexistência inexistência é utópica, isso fica para outra conversa!

linha.png

Esse foi o post do dia. Qual é a sua opinião?Somos realmente livres? O que podemos fazer com nossa liberdade?

Até o próximo artigo!
Obrigado steemit!]

Indicação de leitura: Literatura em Foco #1: 1984

banner steemit.jpg

Aqui eu falo mais sobre a liberdade

Sort:  

Congratulations! This post has been upvoted from the communal account, @minnowsupport, by JoaoProbst from the Minnow Support Project. It's a witness project run by aggroed, ausbitbank, teamsteem, theprophet0, someguy123, neoxian, followbtcnews, and netuoso. The goal is to help Steemit grow by supporting Minnows. Please find us at the Peace, Abundance, and Liberty Network (PALnet) Discord Channel. It's a completely public and open space to all members of the Steemit community who voluntarily choose to be there.

If you would like to delegate to the Minnow Support Project you can do so by clicking on the following links: 50SP, 100SP, 250SP, 500SP, 1000SP, 5000SP.
Be sure to leave at least 50SP undelegated on your account.