Brasil - Eleições 2018

in brasil •  last year  (edited)

7a2ae-antifa-logo.jpgA democracia representativa não é o meu ideal de democracia e o meu impulso natural durante um evento histórico como as eleições deste ano seria boicotar o estado como ferramenta política em favor do meu natural direito de me posicionar livremente. Porém dado o estrago que o estado brasileiro e seus participantes e oponentes tem feito ao próprio debate público, intoxicando-o de propaganda e vigilância, me levou a prometer a mim mesmo uma ação de redução de danos quanto a posição política mais adequada, digo: pragmática, honesta e sincera, em relação a minha responsabilidade sobre essas pessoas que irão, mais provavelmente foder tantas outras pessoas potencialmente.
Decidi então 'fazer a minha parte' como pagador de impostos pelo menos em relação ao poder legislativo, que é onde onde políticos ficam criativos e suscetíveis a todo tipo de interesse para escrever leis e aprovar medidas do governo. Portanto meu voto para essa esfera será:

Dep. Estadual - Todd Tomorrow 50505
Dep. Federal - Samia Bonfim 5000
Sen. - Silvia Ferraro 500

Infelizmente a situação brasileira é tal que temos uma dupla de milícos, um irresponsável e burro e outro maçón sorrateiro a frente da corrida eleitoral. Detesto banalizar as palavras mas isso é o mais perto do que achava que veria de fascismo na minha vida. E contra a ascensão dessa ideologia nefasta, cozinhada no medo e no recalque, que é a extremada manifestação do conservadorismo. Sou libertário e acredito que qualquer indivíduo que ocupe um cargo representativo está corrompido em seu princípio, porém minha consciência não permitiria que eu assistisse o fascismo chegar ao poder sem que eu tenha feito tudo em minhas mãos contra isso.

A estratégia de meu pensamento se baseia no fato de que, como mostram as pesquisas o candidato Bolsosauro está com grandes chances de se eleger e a sua melhor chance consiste em fazer isso ainda no primeiro turno uma vez que sua rejeição é grande demais para faze-lo passar pelo segundo turno. Por conta disso a minha habitual posição de anular o voto facilita a chegada de Bolsosauro ao seu objetivo prioritário, por diminuir a quantidade de votos necessários para sua eleição entre os votos válidos, que diminuiriam com o voto nulo. Minha posição será o voto anti fascismo, sem qualquer expectativa real de vitória ou mesmo de governo de qualquer outra candidatura. Porém, reconhecendo o contexto brasileiro em sua histórica polaridade entre PTMDBPSDB, considero oportuno que se estimule uma saída dessa mesma frequência, de forma que as únicas alternativas ao fascismo e a polarização e que são pragmaticamente candidaturas reais - com isso quero dizer, com capacidade de chegar ao segundo turno, eventualmente vencer e assumir - são as chapas Marina Silva / Eduardo Jorge e Ciro Gomes / Katia Abreu.

Idealmente, o fim da polarização exigiria a presença de ambas as chapas no segundo turno. Pessoalmente acredito na honestidade tanto de Ciro como de Marina apesar de não concordar integralmente com a ideologia de ambos, e principalmente desconfiar dos aliados. O fato é que a mim basta fazer um voto válido contra o fascismo, Ciro me parece avançar em sua campanha, está ameaçado talvez pela candidatura fantasma de Fernando Haddad, mas é um dos mais prováveis candidatos ao segundo turno. Se me importa também a quebra da polarização resta evitar o candidato tucano e optar pela candidatura do partido REDE Sustentabilidade, Marina Silva / vice: Eduardo Jorge (18).

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!