[Crônica]: Realidade das Horas Imóveis

in br •  11 months ago

Realidade das Horas Imóveis


Notei que a cortina mexia-se. Não seria algo assustador, tão amedrontador, se não estivesse dormindo. Acordei com esse susto de vidro quebrando-se, cacos espalhando-se pelo chão, alvoroço em mim, taquicardia... Pronto, estava alerta! Olhei ao redor, sem sair da cama, buscando pelos cacos esparramados no chão; nada encontrei. A cortina mexeu-se outra vez e eu voltei à realidade. Mas, dentro de mim, eu continuava ouvindo o som do vidro partindo-se; cacos voando por todo lado, contudo a cortina trazia-me à vida presente, aos fatos. Levantei-me a verificar esses "panos esvoaçantes"; tudo normal. Havia uma certa culpa do vento, pois a pequena fresta da janela deixava passar essa brisa meio boba, que brincava com o voil que protegia o blackout. Abri a cortina, fechei a janela, o sopro da rua parou e meus olhos petrificaram-se: eu vi as rachaduras na janela. Levantei a mão e toquei o vidro resfriado pela madrugada. Ilusão! Não foi o vidro que se partira, mas meu rosto que se estilhaçara ao sabor dessa dor infernal que me come com o tempo. Finalmente, encontrei os cacos em minha humanidade nua; ecoavam nessas câmaras que chamamos de alma ou espírito, não sei bem. Como colá-los? Sem qualquer resposta aparente, voltei anestesiado para a cama e dormi... com os olhos abertos, observando cegamente o relógio, na cabeceira da cama, e suas horas de pedra.

carac_photo_1-850x504.jpg


Imagem


N. do E.: Esta é uma obra ficcional original, portanto qualquer semelhança com fatos ou situações da vida cotidiana será considerada mera coincidência. A obra ficcional traz em si o poder de despertar no outro sentimentos que podem ajudá-lo a entender ou a bloquear de vez alguma situação adormecida ou, muito pelo contrário, vivenciada ao extremo no momento da leitura. Ou, simplesmente, traz algum prazer na leitura. As palavras estão no texto como um presente. Use-as; faça-as suas!

Agradeço pelo tempo que me oferecem com a leitura. O tempo dispensado a um ser é o melhor presente que se pode oferecer a outro ser. Sonhem todos os dias e sejam felizes, vibrando em harmonia e esperança, sempre no caminho do meio. É o que desejo a todo momento a cada ser vivente!


Abraços, @manandezo
Publicação de 24 de janeiro de 2018


Nossos Projetos de Língua Portuguesa

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Parabéns, seu post foi votado e compartilhado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

Acho que, se as pessoas pudessem ver a alma no espelho, o mundo seria melhor. Todos estão ocupados olhando pra fora, superficialmente. Olhar pra dentro requer coragem. Encarar a própria alma não é para qualquer um.

·

Eu tenho momentos de contemplação que, por vezes, parecem infinitos. Quando acordo dessas viagens em mim mesmo, horas se passaram e bestifico-me com o poder desses momentos (amedronto-me ainda mais). O que vejo é bom, pois é sempre bom ver o que se tem!

Abraços, @croniquista, paz e bem!

·
·

Você me permitiria fazer uma leitura dramática dessa crônica e postar no Steemit?

Inspirador! :)

Good post carry on my bro...i think you forget me my bro @manandezo

Gostei muito das suas palavras. São intensas e, de certa forma, falam dos sentimentos com uma total transparência! Parabéns, @manandezo!!

·

Obrigado, @a-quarius! Fico feliz que consegue ver coloridos diferentes no que tento dizer. É meu alento!

Abraços, paz e bem! =)

As suas palavras são inspiradoras! Parabéns, @manandezo!

·

Obrigado, @d-drummer! Preciso te visitar mais e "ouvir" suas publicações. Não passará em branco, te juro!

Abraços, paz e bem! =)

Uau! Tão profundo, meu amigo! Faz pensar...