#ANIMETECA# - "Highschool Of The Dead" (2010)

in #animeteca2 years ago (edited)

Fonte: Divulgação (Skifine)

Sinopse: Komuro Takashi é um jovem estudante que vê a sua vida mudar completamente depois que ele se depara com um estanho acontecimento: um estranho vírus que se instala em seu colégio, transformando em zumbis todos aqueles que de alguma forma tenham contato com a substância.

A história do anime não é algo que chame tanto a atenção (pelo não à primeira vista), e isso se deve ao seu plot bem genérico, afinal... Mutações que acontecem em decorrência de algum vírus é um argumento muito gasto. Mas, não se deixe levar pelas aparências... Porque "H.O.T.D" (sigla pela qual a produção é conhecida) consegue cavar esse terreno já tão conhecido de uma maneira que irá - definitivamente te surpreender.

Fonte: Divulgação (Anime Renders)

Um dia letivo como outro qualquer começa no colégio, mas Komuro não faz ideia do que está prestes a testemunhar. Do telhado, ele vê um estranho causando confusão na portaria. Um dos professores tenta expulsá-lo e termina sendo mordido por ele.

Instalando o alvoroço no local, outros professores chegam para tentar ajudar, e se veem diante da nova face do professor mordido... Ele agora é um zumbi (e parte ao ataque dos colegas). Komuro corre para contar o acontecido aos amigos Miyamoto e Igou, que incrédulos em um primeiro momento, não demoram a acreditar na história dele quando eles mesmos veem alguns zumbis (não apenas professores, mas agora... também outros alunos). A partir daí, é preciso se unir a outros aliados e lutar por suas vidas.

Fonte: Divulgação (Japanator)

Até esse momento, não o que destacar de tão interessante no anime. O que o diferencia dos demais, é o que vem a seguir: uma verdadeira desconstrução no que tange ao comportamento humano, sendo capaz de causar uma destruição relacionada aos principais códigos da moral inerente - ou não - em cada pessoa.

No decorrer dos 12 episódios, o ritmo da história é sempre conciso e atraente, apresentando ao espectador várias situações onde estão incutidas diversas temáticas que servem como ótimas desculpas para se começar a fazer uma intensa reflexão sobre o que esconde cada ser humano em seu interior. Em foco: "O que realmente aconteceria se houvesse uma infecção em massa? Até onde você iria para se manter protegido e proteger aqueles a quem você ama? Existiria um limite para se manter vivo?

Fonte: Divulgação (Comic Vine)

Um narrativa inteligente se faz presente na trama (não apenas em sua condução, mas em seus diálogos... que alternam bem entre o drama e a comédia, construindo a qualidade dos episódios de uma maneira orgânica), fazendo com que os personagens - bem carismáticos, por sinal - se tornem figuras com a qual o público consiga se importar de forma natural. O roteiro constrói bem as situações, amarra de forma sólida a trama e isso garante que a mesma siga firme até o seu clímax (gerando um terceiro ato muito extrema qualidade).

O que me prendeu até o fim, dentre as qualidades que eu já mencionei, foi principalmente a habilidade do roteiro em se fazer grande partindo de uma premissa tão simples e tão batida. Acho importante ressaltar isso porque já fazia um bom tempo que eu não via um anime fazer isso de uma forma tão envolvente e dinâmica.

Fonte: Divulgação (Anime Slayers)

"Highschool of the Dead" (baseado nos 5 primeiros volumes do mangá que leva o mesmo nome, produzido pela Madhouse, dirigido por Tetsuro Araki e exibido originalmente pela emissora AT-X) é um anime que consegue ir além das expectativas (pelo menos foi assim comigo), sendo aquele tipo de anime que pode até ser rejeitado pela capa / sinopse - assim como acontece com um filme ou um livro -, mas que causará arrependimento naqueles que chegarem a pensar dessa forma (porque há muito mais escondido nele do que se pode enxergar).

Sort:  

Woff, woff!

Hello @wiseagent, Nice to meet you!

I'm a guide dog living in KR community. I can see that you want to contribute to KR community and communicate with other Korean Steemians. I really appreciate it and I'd be more than happy to help.

KR tag is used mainly by Koreans, but we give warm welcome to anyone who wish to use it. I'm here to give you some advice so that your post can be viewed by many more Koreans. I'm a guide dog after all and that's what I do!

Tips:

  • If you're not comfortable to write in Korean, I highly recommend you write your post in English rather than using Google Translate.
    Unfortunately, Google Translate is terrible at translating English into Korean. You may think you wrote in perfect Korean, but what KR Steemians read is gibberish. Sorry, even Koreans can't understand your post written in Google-Translated Korean.
  • So, here's what might happen afterward. Your Google-Translated post might be mistaken as a spam so that whales could downvote your post. Yikes! I hope that wouldn't happen to you.
  • If your post is not relevant to Korea, not even vaguely, but you still use KR tag, Whales could think it as a spam and downvote your post. Double yikes!
  • If your post is somebody else's work(that is, plagiarism), then you'll definitely get downvotes.
  • If you keep abusing tags, you may be considered as a spammer. It may result to put you into the blacklist. Oops!

I sincerely hope that you enjoy Steemit without getting downvotes. Because Steemit is a wonderful place. See? Korean Steemians are kind enough to raise a guide dog(that's me) to help you!

Woff, woff! 🐶

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

전혀이해가안돼!