Aquecimento global é real e afeta o mundo inteiro - Veja como

in science •  20 days ago

O ritmo da natureza é influenciado pelo calor. O que acontece se a radiação solar aumenta?


Aquecimento global

Nosso planeta é iluminado pelo Sol. Porém, sua luz também carrega grandes quantidades de radiação. Não costuma ser um problema, já que temos a camada de ozônio, que funciona como uma "cortina" que filtra a maior parte dessa energia prejudicial. Sem ela, digamos que seria como ficar do lado de uma máquina de raio-x ativa o tempo todo. Não teríamos chance de sobrevivência.

Estava tudo bem até nossas fábricas criarem poluentes. Reações químicas fazem substâncias mudarem quando entram em contato umas com as outras. Se alguém jogar ácido no seu braço, vai abrir um buraco na sua pele, porque é reflexo do ácido se fundir com água, que é abundante na sua carne e no seu sangue. Da mesma forma, poluição abre buracos na camada de ozônio.

Isso afeta a capacidade do nosso planeta de sustentar vida, porque cada vez mais calor está entrando nas regiões onde a camada foi afetada. Assim como o corpo humano, o clima global depende de um equilíbrio frágil. Todo o sistema, o mundo inteiro, é afetado quando uma parte fica alterada.

Precisamos de uma temperatura estável para sobreviver. Parte da energia do Sol bate no chão e reflete, sendo absorvida pelo ar da nossa atmosfera ao invés de vazar para o espaço sideral. Isto é chamado de "efeito estufa", e impede que a temperatura varie de 50 graus durante o dia para 80 graus negativos durante a noite, todos os dias.

Agora que mais calor e radiação entram na atmosfera da Terra, um desequilíbrio climático está em andamento que, aos poucos, tira as condições básicas para que nosso planeta seja capaz de sustentar vida.

Oceanos se aquecendo em algumas partes não apenas causam ciclones e tufões muito mais fortes, e não só mudam as condições da água causando a morte de várias espécies de peixes, como também transmitem a nova média de energia para locais mais adiante, fazendo com que algumas regiões se aqueçam em mais de 20 graus em 20 anos, que já é o caso do Rio de Janeiro.

As correntes marítimas aumentam em intensidade, pois o calor não é a única forma em que a energia se manifesta. Frentes tanto quentes quanto frias se tornam mais intensas. Considerando que o ar que você respira é parte de uma ciranda de vento ao redor do mundo, o que acontece em países distantes também te afeta diretamente.

Os maiores destruidores da camada de ozônio identificados pela nossa ciência são: a queima de combustíveis fósseis como o petróleo, o emprego de certos fertilizantes e pesticidas como os recentemente liberados no Brasil, o desmatamento e os gases produzidos pela comida desperdiçada em decomposição.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

This post is supported by $5.07 @tipU upvote funded by @felipejoys :)
@tipU voting service guide | For investors.

Excelente!

Thanks for using @edensgarden!

You got a 1.07% upvote from @minnowvotes courtesy of @felipejoys!

A situação não para de piorar, pois ninguém se importa o suficiente com o futuro. Estamos fadados ao fim.

É tudo culpa nossa! Que triste.