Eleições 2018 | A contradição da defesa da Família que provoca sua desunião | Opinião eleitoral

in pt •  last month

Como sua família está durante essa eleição?


Se sua resposta foi que sua família está bem e não sofreu nenhuma alteração, nenhuma discussão, desavença ou até mesmo rompimento, sinta privilegiado(a). Nem todos tivemos a mesma sorte. Para muitas pessoas que compõem as minorias políticas em nossa sociedade, esse pleito eleitoral tem sido muito mais do que uma disputa polarizada, ou um combate a corrupção. Para muitos LGBTs, por exemplo, tem sido uma discussão por manutenção de direitos adquiridos.

Neste segundo turno isso torna-se ainda mais evidente. Quando uma candidatura possui incontáveis afirmações e posicionamentos que questionam, ou até ameaçam nossos direitos como cidadãos e cidadãs, não podemos compactuar com esse tipo de conduta.

A defesa de uma família supostamente "tradicional" brasileira não tem com um risco de seu desaparecimento. O que ocorre é a necessidade da exclusão da NÃO-FAMÍLIA-TRADICIONAL. Essa sim é a política defendida por uma candidatura.

Toda forma de amor constrói famílias

família1

Eu experienciei a eminência de uma desunião entre a minha família biológica há poucos dias. Em momento algum, durante o primeiro turno eu busquei mudar o voto de nenhum parente ou familiar. Sempre os respeitei em suas decisões, por mais que discorde. No momento em que manifestei meu posicionamento em uma da minhas redes sociais, apoiando Fernando Haddad para o segundo turno e um apoio a isso de um primo, meu pai comentou nessa imagem:

Creio que terão que esperar, essa não tem volta.

Veja bem, eu não provoquei ninguém. Apenas manifestei o meu direito democrático de uma opinião política. Contudo, recebi este comentário. Foi então que meu primo respondeu:

Espero de coração que não seja o resultado que tu ou meu pai esperam.

E novamente meu pai rebateu:

...as urnas responderão à voz do povo se não houver fraude.

Nesse momento eu julguei necessário deslocar-me de onde estava, do desejo de não avançar em qualquer discussão com familiares sobre o atual pleito eleitoral e disse:

Curioso... 🤔
as urnas responderão à voz do povo se não houver fraude." Possivelmente mostra um forte autoritarismo não é mesmo? Ou seja, se um determinado candidato não ganhar, isso significa que houve fraude?
Espero que o candidato mais preparado para os desafios econômicos, que tem um histórico de ter realizado com projetos e propostas que já se concretizaram, ao invés de quem passou 27 anos, e 7 MANDATOS na política e NUNCA realizou nada significante nem contra a corrupção, nem contra a insegurança, nem educação. Esse mesmo que passou 20 anos no PP que foi o partido com o maior número de políticos investigados e condenados por corrupção. Inclusive, recebeu R$200mil da JBS, dinheiro que devolveu ao seu partido, que logo após lhe reenviou. O que ele afirma não ser uma lavagem de dinheiro. Tanto que precisou trocar de partido para que pudesse tentar iludir o eleitorado. Votou CONTRA O FIM da aposentadoria especial para os deputados. Votou A FAVOR DO AUMENTO salarial dos deputados e senadores. E a lista é longa...
E é aqui, onde nós precisamos avaliar o que vale mais, a vida ou supostos valores morais?
Não queria votar no PT, mas não voto em fascista. Não quero repetir a história que os alemães fizeram ao eleger Adolf Hitler. Não voto em autoritarismo. Quem vota em candidato que teve e tem discurso de ódio, está compactuando com as agressões e mortes de LGBTs, Mulheres, Negros, Indígenas e todas as minorias que ainda estão fragilizadas em nosso país. Prefiro garantir que as minorias sociais (eu incluso) não percam suas vidas, como já estão perdendo, ou sejam agredidas por eleitores deste candidato. O que é lamentável, porém uma realidade.
Estou vendo inúmeros pais/mães e seus filhos e filhas discordando exatamente dessa forma. Em que os filhos e filhas votam no candidato mais progressista e seus pais e mães no candidato mais reacionário. É muito triste perceber essa divisão nas famílias. Espero que as pessoas percebam e consigam debater de forma saudável e coerente. Mesmo porque se um determinado candidato ganhar, sabemos que essa liberdade de debates estará em alto risco de ser reduzida.
Lamentável.
Profundamente lamentável.

Com isso Eu fiquei profundamente desapontado. Decepcionado mesmo e manifestei esse desapontamento na seguinte frase:


Como ter ânimo quando sua família vota em candidato que defende sua agressão pública e até sua morte por você ser quem você é?


Foi nesse momento que outro membro familiar se manifestou, dessa vez uma tia minha, a qual quero muito bem. Sempre a respeitei e sempre a vou respeitar. Entretanto ela comentou o seguinte:

Isto não é verdade Léo, amamos você e respeitamos a sua decisão. Agora resta você respeitar a nossa.

Mais uma vez, me senti inclinado a responder, uma vez que o comentário foi feito em minha rede social. Então eu disse:

Eu respeito a decisão de vocês tia. Sempre tive e sempre terei carinho e amor por toda a minha família, isso é algo que não mudará. Sempre respeitei. Tanto é que não tentei, em momento algum, mudar a opinião de vocês.
Mas o que não consigo aceitar é o discurso que este candidato tem contra as minorias.
Não consigo aceitar o quão influente está sendo este discurso de ódio.
Não consigo aceitar é ser olhado torto nas ruas por pessoas, que vestidas com camiseta deste candidato, agem de forma agressiva, isso quando não agridem e matam.
Não consigo aceitar perceber que de domingo parar cá, há um crescimento no medo das minorias políticas, por estar crescendo o número de crimes de pessoas que defendem este candidato.
Este candidato, é diferente dos seus oponentes que perderam no primeiro turno. É evidente o seu despreparo político e oportunismos para ganhar os votos, mesmo não tendo feito praticamente nada em 27 anos e 7 mandatos como político pelo estado do Rio de Janeiro.
Mas jamais deixarei de respeitar todos os membros de minha família, como sempre respeitei. Mas não há como não estar decepcionado. Assim com fiquei sabendo que há que esteja decepcionado comigo, por não querer votar nele. Não queria ter que votar no PT. Mas aprendi justamente com nossa família a valorizar a vida humana. Aprendi que os fundamentos espirituais, aos quais sei que nossa família compartilha, em valorizar a vida do ser humano em detrimento ao material. E por mais contra que eu seja aos crimes de corrupção que tantos políticos e partidos das mais diversas siglas cometeram. Dinheiro se recupera, vidas e pessoas traumatizadas por agressões, jamais!
Mas como já disse, eu repito. Sempre amei e amarei vocês e terei um imenso carinho. O respeito a decisão e opinião política de vocês é uma coisa que jamais deixará de existir em meus pensamentos e posições.
Contudo, por favor não me peça o mesmo respeito aquele que defende agressão aos homossexuais como correção, defende a violência e a morte para acabar com a violência, que defende a desigualdade salarial entre homens e mulheres, que em resumo desrespeita os direitos humanos. Eu não posso respeitá-lo pelo simples motivo dele não me respeitar enquanto cidadão de direito.
Espero que me entendas tia. Que o melhor aconteça para o país, para nossa sociedade brasileira e que garanta o Estado Democrático de Direito.
Um beijo e forte abraço tia.
Boas energias sempre!


Dezenas de colegas, amigos e amigas comentaram me oferecendo apoio. Agradeço de coração a cada uma e a cada um. Sei que eu tenho mais do que uma família. Não é apenas a família biológica que eu pertenço. Durante os relativamente poucos anos de minha existências formei diversas famílias e sei que posso contar sempre com elas. Muitas dessas pessoas vieram conversar comigo de forma privada, afirmando estarem passando por situações semelhantes e até mesmo pior do que a que passei com meus familiares.

Porém, o que desejo do fundo do meu coração é que por mais divergências políticas que possamos ter, a união prevaleça. Que este ou aquele candidato não seja o motivador de uma desunião entre as pessoas que queremos bem. Pessoas que amamos e contamos desde que viemos a este mundo. Por mais decepções que possamos ter por conta delas, ou até mesmo causar a elas, por conta de divergências políticas, somos mais fortes unidos.

Preciso defender que o amor entre os seres humanos prevaleça, acima de tudo!

família1
Barra divisória

Agradeço sua dedicação na leitura.
Te desejo uma excelente semana e volte quando quiser!

Ass. Casa

banner Brazilians
Conheça o Projeto Brazilians Power | @Brazilians | site BraziliansNow.tk

Banner assinatura @msp-brasil
Conheça a curadoria @msp-brasil! | Entre em nosso grupo no Discord!

UpvoteGif


Fonte de Imagem | Imagem | Imagem | Imagem | Imagem | Imagem |

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

É absurdamente incrível, no sentido literal da palavra, as pessoas não enxergarem isso, apoiarem o ódio e combate às minorias só por não partilharem dos mesmos gostos e costumes. Se somos humanos por sermos racionais, acredito que esses indivíduos não o sejam mais. Não é racional incentivar agressões e ódio por questões sexuais, não é racional incentivar agressões à pessoas de cor de pele diferente, não é racional incentivar agressões e ódio de nenhuma forma.
Assim como você, não queria votar no PT, devido a todos os escândalos em que o partido está envolvido e não acredito que Fernando Haddad tenha feito um trabalho muito bom na cidade de São Paulo, mas não posso, de maneira alguma, apoiar esse discurso de ódio e correr o risco de que tantas minorias percam os direitos que adquiriram com tanto sangue e luta.

·

Exatamente @theactuary! Não consigo conceber como as pessoas migraram de partidos de social democracia como PSDB, PMDB e outras siglas que, gostemos ou não, ainda defendiam suas visões nos limites do estado democrático de direito, para uma pessoa que 99,9% das vezes defendeu as ditaduras, o autoritarismo e sempre flertou abertamente com o fascismo. É obvio que eu não quero partidos condenados por corrupção no governo. Ainda assim, dinheiro a gente recupera, pra melhor ou pior. Mas é muito nítido o aumento que vem acontecendo das violência de apoiadores desse candidato. Mesmo sem um presidente que apoia a violência nós somos o país que mais mata. Imagine só com o apoio aberto de um presidente que defende que o cidadão mate, ainda que seja um ladrão. Essa nunca foi a função social de um cidadão civil. Nem mesmo é a principal função da polícia. A morte de um ser humano deve ser SEMPRE uma opção de extremamente exceção, independente de seus crimes.

Fonte: O Brasil tem mais assassinatos do que todos estes países somados | Publicado em Super Interessante | por Felipe van Deursen em 8 out 2018, 16h55

Congratulations! This post has been upvoted from the communal account, @minnowsupport, by leodelara from the Minnow Support Project. It's a witness project run by aggroed, ausbitbank, teamsteem, someguy123, neoxian, followbtcnews, and netuoso. The goal is to help Steemit grow by supporting Minnows. Please find us at the Peace, Abundance, and Liberty Network (PALnet) Discord Channel. It's a completely public and open space to all members of the Steemit community who voluntarily choose to be there.

If you would like to delegate to the Minnow Support Project you can do so by clicking on the following links: 50SP, 100SP, 250SP, 500SP, 1000SP, 5000SP.
Be sure to leave at least 50SP undelegated on your account.