Bélgica elimina o Brasil com "tiro" de 30 m/s

in pt •  16 days ago

Belgium-v-Japan-International-Friendly-1521826725-900x506[1].jpg
De Bruyne, autor do segundo e veloz gol da Bélgica Fonte


O Brasil foi eliminado da Copa 2018. Uma pena. Mas é só futebol que é esporte e profissão para quem pratica e entretenimento para a maioria que assiste e torce. Só isso!

Depois do jogo, vendo os números da partida, chamou a minha atenção o fato de que a bola no chute do belga De Bruyne que resultou no segundo gol da sua equipe atingiu a velocidade de 108 km/h.

Qualquer aluno dedicado de ensino médio e que tem aulas regulares de Física reconhece fácil este valor como sendo equivalente a 30 m/s. Se está estudando firme para o vestibular, certamente lembra-se de cabeça de que 10 m/s são 36 km/h bem como 20 m/s são 72 km/h.

Você sabe/lembra como se faz a transformação de km/h para m/s? É simples. Veja a seguir.

Como converter km/h em m/s?

Para converter qualquer valor de velocidade em km para m/s basta lembrar que:

  1. O prefixo quilo, representado por k, corresponde a 103. Abordei os prefixos correspondentes a múltiplos e submúltiplos de 10 neste post. Logo, 1 km tem 1.103 m, ou seja, 1000 m.
  2. Cada 1 h tem 60 min. E cada 1 min equivale a 60 s. Logo, 1 h tem 60 x 60 = 3600 s = 3,6.103 s.

De posse das equivalências "1" e "2" acima, pegamos o valor 108 km/h e substituímos o km por 1.3 m e a h por 3,6.3 s. Confira abaixo o passo a passo:

BelgicaXBrasil_eq01.jpg

BelgicaXBrasil_eq02.jpg

Note, na expressão acima, que cancelamos 103 que aparece no numerador e no denominador. E assim ficamos com:

BelgicaXBrasil_eq03.jpg

O passo acima é importante para você descobrir a "regrinha" geral para transformar km/h em m/s. Veja que destaquei em amarelo a razão 1,0/3,6. Na prática você vai multiplicar o número 108 por 1 (o que não muda nada) e em seguida dividir por 3,6. Certo? E 108/3,6 dá exatamente 30. Logo:

BelgicaXBrasil_eq04.jpg

Agora pense: e se em vez de 108 tivéssemos outro valor como, por exemplo, 72 km/h. Nos cálculos acima só trocaríamos 108 por 72. Concorda? O fator 1/3,6 destacado em amarelo continuaria. E teríamos:

BelgicaXBrasil_eq05.jpg

Entendeu?

Assim podemos generalizar esta conhecida conversão de unidades:

Para transformar qualquer valor de velocidade de km/h para m/s dividimos o valor por 3,6.

Para fazer a transformação inversa, multiplicamos o valor por 3,6. Por exemplo: 10 m/s = 10 x 3,6 km/h = 36 km/h.

Para transformar qualquer valor de velocidade de m/s para km/h multiplicamos o valor por 3,6.


Quanto tempo o goleiro do Brasil teve para tentar defender o chute de De Bruyne?

Alisson-treino-Selecao-Brasileira-715-Pedro-Martins-MoWAPress[1].jpg
Alisson, goleiro da seleção brasileira Fonte

Pensar no tempo Δt que o nosso goleiro Alisson teve para tentar defender uma bola com velocidade V = 108 km/h = 30 m/s é o mais incrível! Como o tiro partiu de bem perto da linha frontal da grande área, estimo que a distância percorrida pela bola tenha sido de aproximadamente ΔS = 20 m. Assim:

BelgicaXBrasil_eq06.jpg

Concluímos que a bola chega ao gol em dois terços de segundo, algo em torno de 0,67 s. Muito pouco. Se considerarmos que o goleiro, como qualquer humano, tem um tempo de reação¹, dá para imaginar que ele teria na prática em torno de meio segundo para tentar defender uma tijolada a 108 km/h! E não era apenas para alcançar a bola. Teria que detê-la, parando-a ou rebatendo-a para lugar seguro. Dá para dizer, sem medo de errar, que o chute de De Bruyne bem no canto do goleiro foi indefensável! Lindo gol! Pena que foi contra a nossa seleção.

Para relaxar e levar a derrota numa boa

meme_torcedor_russo_MJ.jpg

Não demorou para surgirem os memes na web, boa oportunidade para rir da "desgraça" e acabar com o "sofrimento".

Confira mais memes nesta matéria do UOL Esporte de onde retirei o meme acima.



Abraço do prof. Dulcidio. E Física na veia!





¹ Tempo de reação é o intervalo de tempo entre o instante da geração de um estímulo nervoso e o instante em que tem início a consequente reação motora.



Este texto também foi publicado no Física na Veia! (UOL Ciência) neste link.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Parabéns, seu post foi selecionado para o BraZine! Obrigado pela sua contribuição!
BraZine.png

·

Valeu! Obrigado!

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

·

Oba! Obg!

Boa, professor! Praticamente, indefensável :P Eu já imaginava que o psicológico da seleção brasileira não era dos melhores, apesar do Neymar ter se comportado na segunda fase. Que tomaríamos um gol da Bélgica era quase certo, fizemos dois, mas um na goleira errada :D Que sirva de aprendizado pra eles lá e pra gente aqui no seu blog :) Obrigado por compartilhar ;)

·

O gol contra é daquelas coisas que entram na conta do improvável. Ou do aleatório como disse o Tite na coletiva de imprensa. Mas foi uma baita falha de marcação deixarem o belga sair do segundo para o primeiro pau sem nenhuma marcação, subir sozinho e cabecear para trás! Falha gravíssima!
Um goleiro só defende um tijolo voador desses se a bola vier e bater nele. Tendo que saltar, alcançar a bola e mudar sua velocidade para intensidade/direção/sentido seguros é coisa pra XMen. O problema foi toda a construção da jogada. Muito competente, por conta dos belgas. Mas os brasileiros assistiram de camarote. O Bruyne recebeu a bola e pode chutar com facilidade tendo quatro brasileiros por perto mas que nada fizeram. Outra falha gravíssima!
A copa vai afunilando. E erros, a partir das oitavas, custam caro. O Brasil pagou o preço de dois erros absurdos para o esporte de alto nível. E foi infeliz, é verdade, nas finalizações. No conjunto da obra, a Bélgica mereceu. Temos que reconhecer.
Abraço. E Física na veia!

Mas que jóia de publicação! Precisamos de mais conteúdo assim.

·

Muito obrigado @renandossantos! O retorno dos leitores é muito importante pra mim! Valeu!
Trabalho com divulgação científica há quase 14 anos através do meu blog, o Física na Veia!, que faz parte do UOL Ciência. A ideia é trabalhar tanto quanto possível com a Física contextualizada, ou seja, atrelada à acontecimentos do mundo real, em tempo real.
Criei um "espelho" do blog aqui no Steemit, embora não seja um espelho ao pé da letra porque nem tudo o que está lá vem pra cá e vice-versa.
Convido-o a conhecer mais de perto o meu trabalho pelo meu post #introducemyself: https://steemit.com/pt/@fisicanaveia/fisica-na-veia-uma-breve-historia-do-meu-tempo.
E aguardo-o outras vezes por aqui!
Abraço. E Física na veia!

Congratulations @fisicanaveia! You have completed the following achievement on Steemit and have been rewarded with new badge(s) :

Award for the number of comments

Click on the badge to view your Board of Honor.
If you no longer want to receive notifications, reply to this comment with the word STOP

To support your work, I also upvoted your post!

Do not miss the last post from @steemitboard:
SteemitBoard World Cup Contest - Quarter Finals - Day 1


Participate in the SteemitBoard World Cup Contest!
Collect World Cup badges and win free SBD
Support the Gold Sponsors of the contest: @good-karma and @lukestokes


Do you like SteemitBoard's project? Then Vote for its witness and get one more award!