As Formas da Mudança - Parte 2 - O Processo de Mudança de Atitudes

in psychology •  last year  (edited)

Realidade Social: Violência, Poder e Mudança
As Formas da Mudança - Parte 2 - O Processo de Mudança de Atitudes


"A verdadeira mudança de atitude vem de dentro e não de fora" - charlie777pt

Introdução


Não se pode fazer ou forçar ninguém a mudar as suas atitudes, mas o envolvimento e a informação correta nas situações podem facilitar a transformação interna da maneira como as pessoas agem nas situações.
A verdadeira mudança de atitudes é voluntarista e autónoma, mas as pessoas podem mostrar "comportamentos falsos" para evitar a coerção da pressão de autoridade ou punições, mostrando uma "falsa transformação".

O nexo e as normas sociais são os elementos servem de cola para a coesão dum grupo, que são usados como um sistema de referência comum para as atitudes e padrões de comportamento das pessoas que são interiorizados e partilhadss pelo grupo como um quadro de referência para a ordem social.
Sem normas que definam sanções para as condutas desviantes, as pessoas sentem desorientação e tendem a elaborá-las para criar uma distensão psicológica da ausência de referências.
As esferas de influência da Mudança podem acontecer pela coerção para cumprir (negativo) ou pela persuasão para influenciar a motivação (positiva).
A conformidade gera mudança interna, não como causa direta do poder, mas pela validade subjetiva das normas sociais, que o indivíduo internaliza.

Uma minoria esclarecida pode levar a uma mudança extraordinária do coletivo em direção a um caminho utópico para um melhor equilíbrio social.
As minorias têm profecias futuristas de uma ordem social alternativa de progresso em direção a uma utopia que justifique sua ação de resistência para mudar as normas.
Eu gosto das teorias dos direitos naturais mostrando que as pessoas têm direitos inalienáveis, à vida, à propriedade, e o direito de encontrar a liberdade como ingredientes essenciais para nutrir a felicidade humana e são os pilares da civilização e da sociedade.

1 - Tipos de Influência


Asch, Jenness e Sheriff definiram que o tipo mais comum é a Influência Maioritária quando as pessoas mudam o seu comportamento de acordo com as condutas impostas pelo maior número de pessoas num grupo.
Moscovici estudou a Influência Minoritária que é um fenómeno comum que acontece quando uma grande parte das pessoas num grupo muda seu comportamento para se adequar às novas condutas de uma minoria.

2 - Mudança de Atitudes

"Toda mudança, toda novidade nos provoca sentimentos de hostilidade. Nos fenómenos sensoriais mais simples reinam as paixões de temor, de amor e de ódio, incluindo a paixão passiva da inércia." - Friedrich Nietzsche
Vamos então começar a analisar o proceso de mudança de atitudes ao nivel individual seja ela de opiniões, intenções ou comportamentos.

Vamos falar do "estudo das condições dasa condições em que as posições individuais ou coletivas mudam de sentido ou intensidade" - Montmollin cited by Gustav Fischer.

A Psicologia Social analisa as atitudes nos processos de comunicação, que por novas informações organizadas mudam a visão e perspetiva e persuadem as pessoas a transformar a sua opinião baseando-se no conteúdo das mensagens que lhes são dirigidas.
A mudança de atitudes é portanto um mecanismo de influência social para descobrir as ações que intervêm nas situações, usando informação estruturada nas mensagens é utilizada nos processos de comunicação, como o principal estimulador da mudança.

"No campo da inter-experiência entre os seres humanos, devemos aprender a nos colocar-mo-nos no lugar dos outros para entendê-los e a nós mesmos, porque os valores permanentes de ambos os parceiros envolvidos nos processos de comunicação, estão a ser virtualizados para melhorar nossa resiliência à adaptação e a elasticidade dos nossos valores permanentes."- charlie777pt

3 - As Mensagens como argumentos para Mudança


A informação como o conteúdo das mensagens pode incluir 3 tipos de argumentos:
  • Ethos - (dirigido ao sujeito social) baseado na credibilidade da mensagem ou na autoridade de "importância" que a emite.
  • Pathos - (para o sujeito afetivo) - Informação para desencadear sentimentos e emoções.
  • Logos - (para o sujeito cognitivo) - informação lógico-matemática que influencia o sujeito cognitivo.
As informações tem de ser bem codificadas em mensagens para através dos processos de comunicação, conseguir efetivamente mudar os comportamentos coletivos e as normas sociais.

4 - Normas e mudança social


As Leis são os instrumentos da política e são usadas para fazer mudanças culturais e para regular os comportamentos desejados e alterar ou manter uma situação social.
Na nossa sociedade "civilizada" e "avançada" com uma globalização com o objetivo da desumanização, salários mais baixos, maior estresse e tempo de trabalho, pior assistência social e de saúde, pior educação e menos participação, populismo e conservadorismo, etc.
O significado de "civilização" hoje é o aumento da produtividade, acelerando o tempo e o sofrimento psíquico, a baixa motivação e a incerteza de emprego.
O coeficiente mundial de Gini que mede a assimetria de rendimentos está a aumentar em todos os países, e os governos de políticos milionários estão a ajudar a gerar essas desigualdades nos seus próprios interesses e dos seus lobbies de apoio.

Os atuais sistemas centralizados são controlados por uma minoria dominante de capitalistas, sugando os direitos da maioria da população, e a descentralização é a chave para as estruturas socioeconómicas do futuro de toda a humanidade.
Osgood e Tannenbaum, em 1955, descobriram que as pessoas se sentem atraídas por fontes empáticas de informação, facilitando a adesão à mensagem e às idéias.
A pesquisa na mudança de atitudes lida com a complexa multi-variedade de fatores e está muito centrada no nível intra-psíquico que está longe das interações e das condições em que elas acontecem.

Alguns investigadores consideram que o medo é uma grande influência na mudança de comportamentos de acordo com as mensagens.
Na minha humilde opinião, o poder baseado no medo ou castigo não muda a atitude de uma pessoa, mas mostra uma conduta de conformidade com a autoridade que demonstra um "comportamento falso conformista".

"A emoção mais antiga e mais forte da Humanidade é o medo. E o tipo mais antigo e mais forte é o medo do desconhecido" - H.P. Lovecraft
Para o existencialismo, a vida humana é para ser vivida e ela é fluída, rica e tão diversificada que e não é possivel de ser sistematizada ou conceptualizada em paradigmas.
A existência humana será sempre angústia de escolha pessoal perante as incertezas, tristezas e desespero, como um sistema aberto para uma constante mudança como antítese do equilíbrio e que não existe determinismo transcendente ou fatalismo do destino.
Finalizamos aqui a palestra sobre as teorias e conceitos de mudança de Atitudes, para apresentar nos próximos posts a perspectiva das transformações coletivas na mudança social.

Últimas publicações nesta série sobre a Realidade Social: Violência, Poder e Mudança
Introdução:

A Realidade Social: Violência, Poder e Mudança

A - Violência:

Uma Introdução à Violência
Os Conceitos de Violência, Agressão e Agressividade
As teorias da Violência
Os influenciadores da Violência - Parte Um - Cultura e Contexto Social
Os influenciadores da Violência - Parte 2 - Fatores Sociais, Cognitivos e Ambientais
A ascensão da violência de hoje

B - Poder:

O que é Poder? - Introdução
A Natureza do PoderA Dinâmica do poder:Os Efeitos e as Consequências do poder

C - Mudança:

Mudança e Cultura
As Teorias e Conceitos da Mudança

Fatores que determinam a mudança - Parte 1 - versão Lite
Fatores que determinam a mudança - Parte 2 - Versão Complexa

Os caminhos da mudança - Parte 1 - Concepts and Theories
Os caminhos da mudança - Parte 2 - O Processo de Mudança- este post

Artigos da próxima série de publicações sobre Realidade Social, Violência, Poder e Mudança
C - Mudança:(cont.)

A Mudança social - - Parte 1 - Mudança Inovadora pelas Minorias

Referências consultadas:

Les concepts fondamentaux de la psychologie sociale - Gustave-Nicolas Fischer
La psychologie sociale - Gustave-Nicolas Fischer
A dinâmica social-violência, poder, mudança - Gustave-Nicolas Fischer , Planeta/ISPA, 1980
Gustave-Nicolas Fischer é Professor de Psicologia e Diretor do Laboratório de psicologia na Universidade de Metz.

Raven, B. H. e ; Rubin, J. Z. (1976). Social psychology: People in groups
French, J. R. P., e ; Raven, B. H. (1959). The bases of social Power. In D. Cartwright (Ed.),Studies in social Power. Ann Arbor, MI: Institute of Social Research
Castel, R. As metamorfoses da questão social. Vozes, 1998.
Moscovici, S. (1976).Social influence and social change. London: Academic Press.
Michel Foucault, Discipline and Punish: The Birth of the Prison
Festinger, L. (1954). A theory of social comparison processes.
Dahl, R.A. (1957). The Concept of Power
Giddens, Anthony, Capitalism and Modern Social Theory: An Analysis of the Writings of Marx, Durkheim and Max Weber, 1971.
Grabb, Edward G., Theories of Social Inequality: Classical and Contemporary Perspectives,1990.
Weber, Max, Economy and Society: An Outline of Interpretive Sociology, 1968.
Lewin, K. (1948) ‘Action Research and Minority Problems’, in G.W. Lewin (ed.), Researching Social Conflicts , New York: Harper and Row
Parsons, T. (1966). Societies: Evolutionary and comparative perspectives.
Levy, A. (1986) Second-order planned change: Definition and conceptualization, Organisational Dynamics
Watzlawick, P., Weakland, J.H., Fisch, R. (1974) Change: Principles of Problem Formation and Problem Resolution. New York, Norton.

Authors get paid when people like you upvote their post.
If you enjoyed what you read here, create your account today and start earning FREE STEEM!
Sort Order:  

Em algum momento da vida, todos nós precisamos mudar. O problema é quem nem todos nós conseguimos fazer isso sozinho... Precisamos de exemplos externos para podermos ver o que é preciso mudar.

De certa forma, o teu post me lembrou do filme "A Origem"... Onde, dentre vários assuntos, é abordada a questão da inserção de ideias através do subconsciente.

Muito Obrigado pelo comentário.
Ainda não vi esse filme, mas a escrita não permite hehe.
Mas sobre o assunto que ando a escrever sobre a mudança, fui obrigado a rever pela 5º vez, o filme "The Power of One" e que me trás reminescências da minha infância em Africa, e de quando visitei a Africa do Sul ainda no tempo do apartheid, e o espectáculo horrível do poder branco.
Foi esta visita que me deu forças desde muito novo para querer lutar toda a minha vida contra a injustiça.
Quando não mudamos o Mundo não antecipamos as suas mudanças e a adaptação tem grandes custos na nossa vida psíquica.
É possível mudar o mundo sózinho aderindo a todos os movimentos que impliquem a justiça que para mim significa igualdade.
O filme que referi é mais que inspirador para percebermos que a nossa vida é mudança e que ela vem de dentro, e nenhuma mágica exterior poderá despertá-la.
Foi a estadia de Gandhi na África do Sul que fez nascer o homem que dizia e fazia a sua mudança interior atingir milhões de pessoas.
Toda a injustiça que vi, fez de mim uma pessoa totalmente diferente e completamente realizada.

O Homem está inserido na sociedade. Então, o seu comportamento é influenciado pela sociedade e influencia-a de igual modo. Por isso, a meu ver, toda a mudança, apesar de acreditar que deve ter o seu início no interior do sujeito, a sociedade deve também possibilitar e aceitar essa mudança. E isso nem sempre se verifica!

Exato a mudança é sempre um bichinho que nasce dentro de nós, mas que quem está á volta pode facilitar o seu crescimento.
Só se deve apoiar quem realmente já viu a mudança dentro de si.
A sociedade adora a ordem social falsamente equilibrada, para evitar a angústia de confrontação da necessidade de mudar.
As grandes mudanças nascem dentro de indivíduos muito fortes que são confrontados com um ordem social injusta e inaceitável.
A injustiça que Gandhi viu na sua juventude na Africa do Sul ajudou a despoletar um dos lideres mas inspiradores do Mundo.

Mudança Todo homem deve começar
Para mudar a si mesmo antes que a sociedade mude
Realmente um artigo muito maravilhoso e útil
Publicação bem feita

Thanks for the motivation. :)
A Mudança só começa dentro de cada um.

Beautiful post .resteem This Post